Saiba o que são as úlceras de membros inferiores

Feridas podem se originar de traumatismo (úlcera traumática) ou de problema na circulação arterial (úlcera arterial) ou na circulação venosa (úlcera de estase ou úlcera varicosa)

Arquivo pessoal
(foto: Arquivo pessoal)

Úlcera é o termo utilizado para caracterizar qualquer ferida ou solução de continuidade da pele, sendo os membros inferiores um local muito frequente para seu aparecimento.

A pele é uma barreira que isola nosso organismo do meio exterior. Quando essa barreira é quebrada e forma-se uma úlcera, podem ocorrer invasões de bactérias e consequentemente infecções, sendo a erisipela uma das mais comuns, conforme escrevi no artigo da semana passada.

As úlceras podem se originar de um traumatismo (úlcera traumática) ou de algum problema na circulação arterial (úlcera arterial) ou na circulação venosa (úlcera de estase ou úlcera varicosa).

As úlceras de origem arterial são decorrentes de uma deficiência na irrigação sanguínea local. Isso ocorre por uma obstrução ou um estreitamento das artérias (aterosclerose), sendo as principais causas o tabagismo e o diabetes.

wikimedia commons
(foto: wikimedia commons)
O tratamento da aterosclerose com medidas clínicas (dieta equilibrada, controle do diabetes e do colesterol elevado, abstenção do fumo, caminhadas) ou até com a cirurgia (angioplastia ou pontes de safena), além dos cuidados locais com a ferida, estão indicados para se conseguir a cicatrização da lesão.

Já as úlceras de origem venosa ou varicosa, que são os tipos mais comuns, ocorrem por uma deficiência no sistema de drenagem do sangue da perna em direção ao coração. O sangue venoso fica encharcando os tecidos e dificultando a cicatrização. Elas aparecem nos estágios mais avançados da evolução das varizes ou então nos pacientes que tenham alguma sequela de trombose venosa profunda prévia. Geralmente são feridas de cicatrização lenta e com tendência a recidiva, levando muitas vezes os pacientes a conviverem por anos com o problema. O tratamento se baseia em medidas para facilitar o retorno do sangue venoso para o coração, como repouso com as pernas elevadas e uso de enfaixamento meias elásticas

O tratamento das varizes também deve ser feito com a variedade de métodos que estão disponíveis na atualidade, como a aplicação de espuma, o Laser e a cirurgia convencional.

Durante o período de quarentena que estamos vivenciando, é importante frisar para os pacientes portadores de úlceras varicosas que mantenham os cuidados com suas feridas (curativos diários, repouso com elevação dos membros, evitar ficar muito tempo parado em pé ou sentado com as pernas pendentes).

Os exercícios de contração da panturrilha (flexão e extensão dos pés) podem ser perfeitamente realizados em casa. Esses exercícios estimulam a contração da musculatura da panturrilha (batata da perna ou coração periférico), facilitando a drenagem do sangue e a cicatrização das feridas. Lembre também de se levantar e realizar pequenas caminhadas dentro de casa em intervalos regulares, facilitando também a circulação de retorno do sangue (drenagem venosa).

Caso o paciente note uma vermelhidão no local da úlcera, um inchaço no membro ou até o aparecimento repentino de dor, é importante entrar em contato com seu médico Angiologista, pois isso pode indicar um início de infecção (erisipela).
 
Se você tem dúvidas ou sugestão de temas para esta coluna, envie pra mim: Lgbez@terra.com.br 
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: