Sensação de peso e cansaço nas pernas: hora de procurar o Angiologista?

Pessoas que passam muito tempo em pé ou sentadas estão sujeitas a ter resultados negativos no fim do dia e devem seguir orientações importantes

Pixabay
(foto: Pixabay)

Os problemas de circulação nas pernas são muito comuns em nosso meio. De uma forma geral, a sensação de cansaço e peso nas pernas pode indicar que algo na circulação não vai bem. Essa é uma boa hora de buscar auxílio com o Angiologista.

As doenças circulatórias nas pernas podem ser divididas em três grupos para melhor compreensão: arteriais, venosas e linfáticas.

Nas últimas semanas tenho escrito sobre as https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/2019/11/13/noticias-saude,253005/varizes-em-membros-inferiores-o-que-sao.shtml&usg=AOvVaw0vSkyl7jBnXleuxiT9f6hH" target="blank">varizes, que representam a grande maioria dos problemas circulatórios venosos.

As varizes em membros inferiores são, sem dúvida, a principal causa da sensação de peso e cansaço nas pernas, principalmente ao fim do dia e ao se permanecer por muito tempo na mesma posição, seja em pé ou sentado. Isso ocorre devido à ação da força da gravidade sobre o sangue quando se permanece em pé ou sentado. O sangue tende a se acumular nas pernas e seu retorno para o coração fica prejudicado.

 

A consequência dessa estase sanguínea é a sensação de peso e pernas cansadas, podendo em casos mais avançados também estar presente o inchaço (chamado cientificamente de edema). Esse desconforto melhora com a elevação das pernas, pois assim o sangue drena novamente em direção ao coração.

 

Para aquelas pessoas que ficam por muito tempo em pé ou sentadas, como professores, trabalhadores de escritório ou até mesmo em viagens prolongadas, as seguinte orientações são importantes:

- procurar realizar exercícios com os pés de levantar e abaixar, a fim de contrair a panturrilha (“batata da perna”), favorecendo o bombeamento do sangue;

Wikihow
(foto: Wikihow)

Wikihow
Exercício para contrair a panturrilha sentado (foto: Wikihow)
 

 

- levantar-se da cadeira a intervalos de hora em hora, com pequenas caminhadas, a fim de que a contração dos músculos das pernas realize o bombeamento do sangue;

- uso de meias de compressão elástica, que também são importantes no alívio dos sintomas e na prevenção das varizes. Essas meias devem ser prescritas por um profissional médico, a fim de se ter a correta indicação do tipo de meia e o grau de compressão.

Pacientes que já tenham uma predisposição ou fatores de risco para desenvolvimento de varizes devem ficar mais atentos com relação à prevenção.

Como já diz o ditado: “ prevenir é sempre melhor que remediar”.

 

Você tem dúvidas? Mande pra mim: lgbez@terra.com.br

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: