Marcos Mion diz que não podia exibir tatuagem de Nossa Senhora na Record TV

Apresentador negou mágoas com a antiga emissora, mas confessou que precisava se desculpar com a santa todas as noites

Reprodução/TV Globo
Marcos Mion revela que era proibido de exibir tatuagem de Nossa Senhora Aparecida na Record TV (foto: Reprodução/TV Globo)

Marcos Mion comemorou no último sábado (02/10), o fato de ter sido liberado pela direção do Caldeirão , da TV Globo , para apresentar o  programa  de camiseta de manga curta. 
 
"Tão assistindo ao Cladeirão?? Olha lá eu de camiseta pela primeira vez na TV desde que fechei o braço!! Que estranho, por nunca ter acontecido antes, mas que libertador por saber que vai ser constante agora!", celebrou o comunicador nas redes sociais. 
 
Antes de ingressar na  emissora carioca , no período em que esteve vinculado à Record TV , o apresentador  contou nas redes, neste domingo (03/10), que era obrigado a vestir camisas de manga comprida devido a uma tatuagem de Nossa Senhora Aparecida que ele tem no braço.
 
A tattoo era “barrada” no canal do bispo Edir Macedo , fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus . Marcos é devoto da santa, considerada padroeira do Brasil pelos católicos.
 
No Twitter , o  comunicador  explicou a situação, ressaltou ser grato à  emissora paulista  e deixou claro que não guarda mágoa com a antiga casa. 
 
"Minha saída nunca virou assunto porque o que sinto pela Record é uma gratidão sem fim e todas entrevistas que tentaram me pegar numa aspa que gerasse treta não conseguiram, porque sempre faço o lado bom superar qualquer outra situação. É um exercício diário, em qualquer situação", iniciou Mion .
 
"Agora, eu não poder usar camiseta por conta da Nossa Senhora que tenho no antebraço é um fato", acrescentou. "Não tem amargura ou ingratidão da minha parte! Eu sempre aceitei e respeitei a decisão deles! É uma diretriz da empresa, assim como qualquer empresa tem suas crenças e pilares. Normal", afirmou. 
 
Marcos ainda contou que chegava a se desculpar com a santa todas as noites por ter que escondê-la em seu trabalho e revelou que o canal cortava suas menções à Nossa Senhora.

"O problema era meu que tinha que me desculpar toda noite com Nossa Mãezinha, pedindo para ela me entender. Que, apesar da minha devoção, eu amava meu trabalho, todas as pessoas e o que a gente criava lá. Eu citava Nossa Senhora por conta da minha crença e eles editavam por conta da crença deles e tá tudo certo".

Marcos Mion

 
"Quando me vi esse sábado de camiseta e Nossa Senhora em 1º plano, me emocionei! Não critiquei a Record! Nunca. Isso foi faísca do Twitter. Apenas descrevi o quão legal era me ver com Santa Maria no braço!", reforçou. 
 
Por fim, o  apresentador  exaltou a relação de respeito que desenvolveu com a antiga emissora e voltou a dizer que não guarda mágoas.
 
"Pra terminar: eu estou muito feliz, a Record está muito feliz! Foi uma “separação” feliz no final das contas. As vidas seguem, portanto meus comentários hoje não tem mais a ver com a Record, nem a Record quer nada mais comigo então parem de agitar faísca em uma relação que é ótima!", finalizou. 
 
Confira abaixo, os tweets:
 
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: