Nego do Borel faz vídeo, se diz injustiçado e fala em suicídio

'Não entendi por que estou na minha casa', disse cantor em vídeo publicado em seu instagram, onde se declara inocente

Reprodução/Instagram
Nego do borel chora em vídeo publicado no instagram (foto: Reprodução/Instagram)
 

Leno Maycon Viana Gomes , o Nego do Borel, finalmente se pronunciou após sua expulsão de A Fazenda 13 , por suspeita de estupro de vulnerável. Ele usou sua conta do instagram neste domingo (26/09) para publicar um vídeo, onde deu sua versão da história e desabafou por 13 minutos.

 

Antes de tocar no assunto envolvendo Dayane Mello , que teria sido estuprada na madrugada do último sábado (25/09) após a festa em A Fazenda , o funkeiro se defendeu, primeiramente, de acusações sofridas desde o início do ano, por conta do término turbulento de seu namoro com Duda Reis. Nego se disse inocente e relatou que foi acusado de portar armas em casa, além de grande quantia de dinheiro ilícito, transmitir HPV para sua ex-parceira e racismo.

 

"Eu venho provando as coisas e, mesmo assim, as pessoas vêm me atacando, me julgando. (...) Minha voz não vale de nada", desabafou o cantor. "Minha família vem sendo atacada, desde antes do reality". Daí em diante, Borel passou a falar sobre sua entrada no programa.

 

Nego dispara contra Duda Reis: 'Tá na mão da Justiça' 

Em referência a Duda Reis , sua ex-namorada que o denunciou por violência doméstica , Nego do Borel usou o termo pessoinha: "Tem uma 'pessoinha' (Duda Reis) que ficou aqui fora. (...) Escrevendo meu nome, falando sobre mim. Sendo que, sendo que eu toco nessas questões, eu toco para me justificar, conversar com as pessoas, explicar o que aconteceu. Não fico atacando. Tá na mão da Justiça", disparou o artista. 

 

'Não entendi por que estou na minha casa' 

Sobre sua expulsão por conta do  suposto estupro contra Dayane Mello , Nego também se disse inocente e contou que houve respeito de sua parte para com a modelo: "(...) Até agora não entendi por que estou aqui na minha casa. Mas se for pelo fato da Dayane ter dormido comigo no estado que ela estava, desde já eu quero aqui, primeiramente, pedir perdão a minha mãe, minha avó e minhas tias, que são mulheres, e depois pedir desculpa a todas as mulheres. Porque eu não vi maldade, eu não tive maldade na hora", disse Nego.

Como a Adriane Galisteu falou na apresentação, que quando uma mulher tá alcoolizada e ela fala que 'não é não' e 'sim também é não', vocês podem ver na filmagem que quando ela [Dayane] fala pra mim 'não', eu vou dormir. A gente não faz mais nada, a gente não transa.

Nego do Borel

 

Ameaça de suicídio: 'Não tô blefando' 

Muito consternado, Nego do Borel falou em suicídio e se disse perseguido. "Eu vou acabar tirando a minha vida. Eu não tô blefando. Eu tô sendo taxado como bandido. Pô, eu nunca roubei no mato. Tem tanta gente fazendo tanta maldade por aí. Tô querendo saber o que eu fiz pra merecer tanto ódio. Por que isso, mano? ", questionou.

Se eu fosse um bandido, [por] tudo o que eu fui acusado, era pra eu estar preso. E eu tô aqui dentro de casa, sofrendo um pré-julgamento da galera da internet, do Brasil. Vamos esperar a polícia apurar tudo.

Nego do Borel

Nego também apontou para um suposto racismo contra ele e se disse, mais uma vez, perseguido e atacado. "É porque eu sou preto? Porque sou funkeiro? Porque vim da favela? Vocês vão tirar a minha vida. Eu tô depressivo, eu tô magoado, eu tô mal. Eu não fiz por maldade", disse o artista, enquanto não continha suas lágrimas.

 

"O que eu fiz? Eu dormi com a mulher. A mulher estava, sim, bêbada. Eu não fiz nada. falou Ela que não. A gente descansou, dormiu. Amei dormir com ela. E mesmo assim, eu tô aqui. Aí todas as coisas boas que eu fiz são apagadas", finalizou o agora ex-peão. Confira o vídeo completo:

 

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE SERIES-E-TV/REALITIES