Conheça lugares para tomar a limonada perfeita e refrescar os dias quentes de verão

Tradicional, suíça ou em combinações inusitadas, bebida faz bem para o corpo e a alma. De quebra, casas oferecem bons pratos e quitutes

por Márcia Maria Cruz 19/01/2018 08:30

Jair Amaral/EM/D.A Press
Antônio Amorim de Souza comanda a Tradicional Limonada, aberta em 1938, no Mercado Central. (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Se a vida te der limões, faça uma limonada, recomenda o ditado popular. A bebida à base de limão e água se torna quase artigo de luxo quando as altas temperaturas parecem nos levar ao deserto do Saara. Inventado por publicitários para vender pasta de dente, o slogan “é pura refrescância” define bem a sensação de tomar uma limonada no verão.

O Divirta-se sugere cinco lugares onde se pode tomar limonada nestes dias quentes – e, de quebra, desfrutar momentos de descontração, saboreando bons pratos ou quitutes. À moda tradicional ou incrementado com ingredientes inusitados (gengibre, leite condensado e até salsinha), o suco de limão é aliado da saúde por ter vitamina C.

Um dos lugares mais antigos na capital para se apreciar a bebida é a Tradicional Limonada, que funciona desde 1938 no Mercado Central. “As pessoas procuram muito a limonada mineira”, conta Antônio Amorim de Souza, um dos proprietários. O suco é feito com a fruta espremida.

 

 

“O segredo da boa limonada é a medida certa de limão e água. O limão deve ser bom, casca fina, graúdo. Tem que ser bonito”, ensina Antônio, de 60 anos, que trabalha no local desde 1965. “Cresci aqui, de onde tiro meu sustento”, conta.


Diz ele que a melhor propaganda de sua limonada é o sabor, bem à moda antiga: “O freguês já sabe, não precisa falar nada. Ele toma e volta.” Os preços variam de R$ 2 (copo pequeno) a R$ 3 (médio) e R$ 5 (grande).

A limonada é a aposta do Néctar da Serra para fidelizar clientes. O restaurante mantém unidades nos bairros Mangabeiras e Savassi. Feita com limão batido no liquidificador – receita brasileira conhecida como limonada suíça –, a bebida é oferecida como cortesia, há 20 anos, durante o almoço.

“É uma tradição a limonada suíça acompanhando um prato”, diz Júnia Quick, proprietária do Néctar da Serra. Quem quiser só a limonada pode pedi-la separadamente (o copo custa R$ 8,50). “Ela faz parte do cardápio. Muita gente vem aqui por causa da limonada de cortesia. É uma marca registrada nossa”, conta.

AFETO Limonada traz lembranças afetivas. A publicitária Priscila Soares diz que a bebida remete aos tempos de infância. A bebida integra o cardápio do Aloha Juice Bar, aberto por ela há três meses, no Alphaville. O estabelecimento serve sucos, açaí e lanches fitness (sanduíches naturais e crepes).

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press
Priscila Soares, dona do Aloha Juice Bar, diz que o gostinho de limão remete à infância. (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
 

O suco de limão é um dos preferidos dos ciclistas que percorrem trilhas na região e fazem pit-stop no Aloha. “Antes, não havia um lugar para as pessoas pararem. No Aloha, a trilha sonora é surf music. Toda a nossa decoração é voltada para o clima praiano”, afirma Priscila.


A limonada é feita ao gosto do cliente – pode ser tradicional, suíça ou adoçada com leite condensado. “A convencional, com limões espremidos na hora, lembra a infância. Como na suíça a fruta é batida com casca, é preciso ter cuidado para não amargar”, ensina a dona do Aloha. Copos com 300ml custam R$ 3,50 (tradicional) e R$ 7,50 (suíça, com acréscimo de leite condensado).

Priscila consultou especialistas sobre os benefícios à saúde trazidos pela limonada e por outros sucos. “Muitos nutricionistas indicam a ingestão, de manhã, de limão espremido. Como tem o poder de purificar e tirar as toxinas do organismo, ele funciona como detox natural”, afirma. A medicina oriental sugere que se beba limão com água morna de manhã, antes da ingestão de alimentos. “Essa mistura limpa e prepara o organismo. A fruta tem grande concentração vitamina C, maior até que a da laranja”, observa.

A limonada se tornou aliada de quem procura controlar o peso. É menos calórica do que o suco de laranja, por exemplo. “O limão pode ser usado sem moderação”, diz Priscila Soares. Júnia Quick aprova: “Limão faz bem porque ajuda a equilibrar o sangue. É um alimento alcalino.”

Divulgação
Limonada gratuita é 'isca' do Néctar da Serra para conquistar a clientela. (foto: Divulgação)
 

VARIEDADE O Samba Fresh Poke e Juice Bar, em Lourdes, serve 20 opções de limonada. Além da bebida clássica, o suco pode vir com gengibre, morango, salsinha e manjericão, entre outros sabores. “Minha preferida é a limonada com canela, goiaba e pimenta. É uma explosão de sabores”, diz Leonardo Apparício, um dos proprietários do bar, também especializado em pokes havaianos.

As combinações são assinadas pelo bartender Thiago Gazinelli, que recebeu a incumbência de criar drinques sem álcool. “Com certeza, limonada combina muito com o verão”, afirma Leonardo Apparício. O copo de 400ml, com diferentes sabores, custa R$ 7. O cliente paga R$ 6 pelo suco clássico e pela limonada do dia. “Quando a pessoa exige limonada sem açúcar, tem que ser a clássica. Se não há essa exigência, sempre proponho que ela experimente outros sabores”, diz.

O Samba oferece diversas opções de limonada – com abacaxi e hortelã; melancia com manjericão; morango com canela, goiaba e pimenta; hibisco, manjericão e gengibre; e manga com gengibre.

Outra novidade é a limonada frozen de coco. Vinda da Colômbia, a receita foi batizada de coco louco. “Brinco com sabores, inclusive inusitados. Faço uma calda e misturo à limonada clássica. Tudo é fresco”, diz Gazzinelli. O bartender conta que não há limite para as combinações. Uma das inspirações dele veio do jogador norte-americano de golfe Arnold Palmer (1929-2016), que adorava limonada com chá.

Aberto há dois anos, o charmoso Café com Fé fica ao lado da Igreja de Lourdes, na Rua da Bahia. A casa prepara broas, bolo de cenoura com cobertura de chocolate e pão de queijo. Essas quitandas podem ser acompanhadas por limonada preparada com a fruta batida no liquidificador (R$ 4,50, 300ml).

De quebra, o café exibe oratórios de Nossa Senhora de Lourdes, Santo Antônio, São Sebastião, São Judas Tadeu e Santa Terezinha. “A pessoa já toma a limonada protegida”, brinca o gerente Éder de Paula.

ONDE IR


• ALOHA JUICE BAR
Avenida Picadilly, 50, loja 102, Alphaville, (31) 3658-9112. Aberto diariamente, das 9h às 21h

• CAFÉ COM FÉ
. Rua da Bahia, 1.596, Lourdes, (31) 4109-0083. Aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h; sábado e domingo, das 8h às 12h

• NÉCTAR DA SERRA
. Rua Santa Rita Durão, 929, Savassi, (31) 3261-2969. Aberto de segunda-feira a sábado, das 9h às 22h30; domingo e
feriado, das 10h às 22h30. Avenida Bandeirantes, 1.839, Mangabeiras, (31) 3281-1466. Aberto diariamente, das 8h às 22h

• SAMBA FRESH POKE E JUICE BAR
Avenida Bias Fortes, 368, Lourdes, (31) 2526-5020. Aberto de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h e das 17h às 23h; domingo, das 12h às 22h

• TRADICIONAL LIMONADA
Mercado Central. Avenida Augusto de Lima, 744, Loja 45, Centro, (31) 3274-9431. Aberto de segunda-feira a sábado, das 9h30 às 18h; domingo, das 8h30 às 13h.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA