Pais de MC Kevin se revoltam com novo depoimento da morte do funkeiro

Após declarações de nova testemunha, mãe do cantor chamou os envolvidos no caso de 'mentirosos' e 'pessoas malditas'

Reprodução/Instagram
Pais de MC Kevin se revoltam sobre novo depoimento que envolve a morte do funkeiro (foto: Reprodução/Instagram )

morte de MC Kevin aconteceu em maio deste ano, após o funkeiro cair da sacada do hotel, onde estava hospedado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.   

 

 

Entretanto, apesar do laudo da perícia confirmar que a morte foi acidental, o programa Domingo espetacular da Record TV revelou, neste domingo (01/08), uma nova testemunha do acidente e destacou novos fatos, que podem mudar completamente os rumos das investigações.  

 

Logo após a reportagem ir ao ar, os pais do funkeiro usaram as redes sociais, para manifestar toda a revolta após as declarações da nova testemunha, que indica que a morte do filho poderia ser evitada. As informações são do UOL.  

 

Através dos stories do Instagram, Agnaldo Bueno, pai do MC, afirmou que tinha certeza que o filho não tinha pulado por conta própria do quinto andar do hotel Riale Brisa Barra.  

 

"Meu filho jamais teria pulado se não fosse incentivado! Que a Justiça de Deus seja feita!", escreveu Agnaldo.  

 

mãe de Kevin, Valquíria Nascimento, também usou a rede social e se revoltou com os desdobramentos do caso. E desabafou sobre o funkeiro Victor Elias Fontenelle, o MC VK, a garota de programa, Beatriz Dominguez e Jonathas Cruz - citados pela nova testemunha como envolvidos na morte do funkeiro.  

 

"Bando de filho da p*** mentiroso, tá todos mentindo. Meu filho foi uma vítima. Ele aí era o único de coração puro. O resto tudo falso, mentirosos, mas Deus tudo vê e à Justiça vai ser feita. Mataram ele, judas desgraçados, malditos. Nada vai trazer ele de volta, mas isso não vai ficar [para] à Justiça de Deus, tá? Aí, eu perdi meu filho por muitas pessoas malditas. Tá todo mundo mentindo, isso sim. Um joga pro outro e, na verdade, é tudo culpado. Desgraçados, agora eu vou atrás de cada. Ninguém vai ter paz. Ninguém, malditos", disparou.  

 

matriarca da família declarou que irá lutar até o último dia de vida, para que os envolvidos na morte do MC Kevin, sejam punidos pela Justiça.  

 

"Eu não tenho paz [e] agora vocês não vão mais ter paz também. Vou atrás de vocês tudo, pode esperar. Certeza, malditos, isso não vai ficar assim, não. E eu aqui a besta não vendo nada, pois agora eu vi e eu vou até o inferno atrás, pode esperar. Não sou trouxa de ninguém e olha bem o que estou falando", declarou.  

"Meu filho não era santo, não, mas ele não era ruim. Tinha um coração tão grande que não viu os lixos de pessoas que andava atrás dele. Lixo de pessoas, isso que vocês são todo mundo que tava lá vendo o menino pedindo ajuda e não fez nada. Ainda fala que é irmão, amigo, são um bando de filho da puta, maldito!".

Valquíria Nascimento

 

"Eu vou estar aqui até o último dia pra te defender. Eu sei que você e uma das melhores pessoas do mundo. Eu te amo. Me perdoa por não estar lá na hora que você pediu ajuda", finalizou. 

 

Novo depoimento da morte de MC Kevin 

 

Em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, Fernando Dimmy Jr relatou ter ficado hospedado num hotel em frente ao local onde o funkeiro e seus amigos estavam. O cantor português afirmou ter visto tudo o que aconteceu no dia da trágica morte do MC.  

 

Ele afirma que MC VK incentivou o cantor, a se pendurar no prédio para evitar um flagra de Deolane Bezerrasua esposa. No momento o funkeiro estava em ato sexual com Bianca Dominguez.  

 

O músico português destacou que VK ouviu os pedidos de socorro de Kevin quando estava pendurado no parapeito. No entanto, ele  não agiu para ajudar o artista e o acidente aconteceu em seguida.

 

"Sim, eu entendi, porque ele gritou mesmo, que deu para ouvir onde eu estava. Ele disse "me ajuda, me ajuda!". Então, mesmo assim, o VK parece que estava a incentivar ele para ir para o andar de baixo ou largar. Depois de ter gritado e não ter conseguido ficar apoiado no parapeito da varanda, ele já quando estava a cair, ele [VK] antes deu um chute, como se fosse um chute no parapeito. Ele [Kevin] foi se distanciando um pouco do edifício. Foi aí quando eu dei conta daquilo que estava acontecer, que ele estava realmente a cair, que ninguém estava a ajudar. Eu fui pegar meu celular para ver se dava para apanhar uma parte em que assim eu podia muito bem fazer a publicação disso sem ter de me expor. Então, foi quando eu peguei o celular, foi muito tarde. Nós ouvimos um pequeno estrondo como se fosse um 'puff", reforçou.

 

Confira, abaixo, os trechos da entrevista exclusiva:

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: