Governo da China proíbe que cantores usem playback em shows

Medida prevê multas aos artistas que forem flagrado e punições mais rígidas a produtores e gravadoras

Thomas Peter/Reuters
Governo da China toma medida inusitada contra artistas que usam playbacks em shows (foto: Thomas Peter/Reuters)
 

O Governo da China , por meio de seu Ministério da Cultura , tomou uma decisão inusitada. De agora em diante, fica proibido que artista, atores e cantores, façam uso de playback em shows ou apresentações comerciais com fins lucrativos. A medida tem como intuito "fiscalizar atos que violem os valores fundamentais do socialismo".

De acordo com o Lip Sync Prohibition Act , anunciado pelo Ministério da Cultura e Turismo da China no último sábado(18/09), a decisão visa desenvolver de maneira ordenada e saudável o mercado local de apresentações.

Divulgação
A boyband Acrush é uma sensação do C-Pop, música pop chinesa (foto: Divulgação)

Para os artistas mais teimosinhos, que insistirem no uso de Playback, haverá multas, caso sejam flagrados, além de punições mais rígidas aos agentes e gravadoras responsáveis, que podem até ficarem de fora do business chinês. SeguCndo o Ministério, casos que forem descobertos serão revelados ao público, para que seja divulgada a "má conduta".

 

A única exceção da lei será em casos em que o artista não pode cantar ao vivo por problemas de saúde. Nessas ocasiões, o público deverá ser avisado previamente que a apresentação não será ao vivo. Imagina se a moda pega?

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE MUSICA