Kanye West é acusado de mandar engenheiro 'encontrar Deus' após demiti-lo

Cantor demite funcionário que dormiu demais e perdeu horário de sessão de estúdio

Reprodução/Instagram
Kanye West (foto: Reprodução/Instagram)

O álbum Donda já  é um dos grandes sucessos do rapper Kanye West e, com isso, sua estreia alcançou o topo do Billboard 200, se tornando um dos álbuns mais ouvidos em 2021.

Donda foi marcado por sofrer diversas mudanças e atrasos depois das audições, fazendo os fãs brincarem que Mike Dean, produtor e engenheiro de audio de confiança do rapper, até havia sido "sequestrado" pelo artista, segundo informações do NME.

 

Apesar de nada disso ter acontecido, Kanye teve alguns problemas com outros engenheiros de áudio que trabalharam no disco. Um engenheiro que trabalhou na produção do álbum teve seu telefone hackeado e suas imagens do icloud foram vazadas na web.

 

Dentre as fotos que ganharam a internet, estava a foto da primeira tracklist de Donda, escrita pelas mãos do rapper, além de um print de uma conversa do cantor com ele, onde mostra que ele foi demitido por dormir demais.

 

Na conversa, Kanye West está dando Bom dia e dizendo "Vamos trabalhar". Após esperar uma resposta do engenheiro por cerca de duas horas, o artista mandou outra mensagem, dizendo que ele está demitido e que podia voltar para casa.

 

O homem então pede desculpas dizendo que seu alarme não despertou no horário programado e que ele só conseguiu acordar às 11 horas. Diante disso, o rapper já não queria saber de mais nada. "Pare de me mandar textos, vá procurar Deus, quando você achar Deus, volte, depois quando achar Deus", respondeu o rapper. Confira o álbum Donda:

 

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE MUSICA