Giovanna Antonelli não era primeira opção para viver Jade, em O Clone

Duas atrizes foram procuradas antes de Giovanna, que tinha 25 anos na época

Reprodução/TV Globo
Giovanna Antonelli em O Clone (foto: Reprodução/TV Globo)
 

Quem está acompanhando mais uma reprise de O Clone com Giovanna Antonelli brilhando como Jade, mal imagina que ela sequer era a primeira opção para viver a protagonista da trama de Glória Perez .

 

A novela, que já foi exibida em mais de 90 países e é um dos maiores sucessos da história da TV Globo , teria, de início, outra atriz encarnando a principal personagem: Letícia Spiller. Com a primeira recusa, a produção tinha um segundo nome em mente: Ana Paula Arósio, um dos rostos mais requisitados da TV Brasileira naquele momento.

 

Sendo assim, coube a uma Giovanna Antonelli de apenas 25 anos, que tinha ido muito bem como Capitu em Laços de Família, assumir a protagonista, primeira de muitas em sua carreira. Em entrevista dada ao UOL em outubro, a atriz, que hoje está no ar com a novela Quanto Mais Vida, Melhor!, relembrou a conquista do papel de Jade.

 

"Eu fui a última atriz a ser pensada para fazer a Jade na época porque tinham outras opções na frente, mas tinha que ser minha, estava escrito ", contou a estrela da TV Globo. Uma situação parecida aconteceu com os papéis de Lucas, Diogo e Léo, que seriam vividos por Fábio Assunção. Com a recusa do galã dos olhos azuis, Glória chegou até Murilo Benício, que brilhou à frente dos personagens.

MAIS SOBRE SERIES-E-TV