Mariana Xavier ganha nota baixa na 'Dança dos Famosos' e jurada pede desculpas

A participante não gostou do 9 que recebeu da atriz Carolina Kasting, que estava no júri da atração: 'Eu realmente não consegui disfarçar, vocês perceberam'

por Agência Estado Estado de Minas 28/08/2017 16:13

Globo/Ramón Vasconcelos
Mariana Xavier recebeu a pior avaliação da noite entre as participantes femininas no ritmo do forró (foto: Globo/Ramón Vasconcelos)
Uma nota considerada baixa surpreendeu a atriz Mariana Xavier, uma das participantes da atual edição da Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão. Ela recebeu um 9 da também atriz Carolina Kasting, que estava no júri da atração.

Essa foi a pior avaliação da noite entre as participantes femininas que se apresentaram no domingo, 27. Além de Mariana, a apresentadora Adriane Galisteu e as atrizes Cris Vianna, Isabella Santoni, e Maria Joana também dançaram ao ritmo de forró.

 

"Amada, todos revoltados com o meu 9, mas 9 é uma nota excelente! Jamais considerei ruim. Me perdoa!", escreve Coralina. Em vídeo divulgado no Instagram, Mariana não escondeu sua chateação com a nota de Carolina. "Obrigada pelo carinho de vocês. Nem comecei a ver as mensagens, mas sei que está rolando uma revolta na internet por causa do 9. Eu realmente não consegui disfarçar, vocês perceberam", declarou a atriz, ao lado do parceiro de dança, Léo Santos.

"Todo mundo tem direito de dar a nota que quiser, desde que seja coerente. E eu fiquei realmente chateada porque eu acho que não foi coerente nem com as outras notas que estavam sendo dadas, nem com a justificativa que foi apresentada", acrescentou. Os fãs de Mariana também usaram as redes sociais para reclamar da nota e até acusaram Carolina de preconceito.

 

Mais tarde, Carolina Kasting publicou um texto em seu blog pessoal em que comenta sobre as acusações: "Todos que me conhecem sabem que posso ser tudo, menos preconceituosa. Sabem que me preocupo mais com o outro do que comigo mesma e que, principalmente, não considero o ódio uma moeda de troca. (...) Será que esse ódio todo não vem da frustração de não poder estar no lugar do outro? O fato é que o meu direito termina onde começa o direito do outro", dizia um trecho. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SERIES-E-TV