A perda irreparável de um grande amigo pela COVID-19

O querido Carlinhos se tornou um exímio e reconhecido ultrassonografista, com especialidade na cardiologia fetal. Fomos amigos inseparáveis por 42 anos

Pixabay
(foto: Pixabay)


Estamos vivenciando com essa pandemia coisas que até então nunca imaginávamos de acontecer em situação de normalidade, como a perda de um ente querido, um irmão, nossos pais ou amigos, que durante toda uma vida nos acompanham nos bons e nos nossos maus momentos.

COVID-19, uma doença impiedosa, devastadora, que, além de nos distanciar fisicamente das pessoas que amamos, é capaz de em curto espaço de tempo, levá-las sem que tenhamos tempo de nos despedir.

Estou hoje falando de um grande amigo, companheiro de grande parte da minha vida iniciada na Faculdade de Medicina de Barbacena, onde estudamos. Chegamos lá, eu e Carlos Eduardo Guerra Grossi, em 1979, e nos tornamos companheiros de tantas viradas de noite, tão comuns naquela época, saindo muitas vezes de noites insones para as provas, das mais marcantes a de patologia ministrada pelo Dr. Luigi Bogliolo e sua equipe.

Após formados, seguimos especialidades diferentes, onde o querido Carlinhos se tornou um exímio e reconhecido ultrassonografista, com especialidade na cardiologia fetal.

Foi acometido de COVID-19 no dia 27/6 e em oito dias foi levado por essa doença que poucos sabemos como tratar. Levou um  grande amigo que Deus colocou no nosso caminho. Pessoa pura, que com seu sorriso e sua naturalidade, contagiava a todos.

Com comentários quaisquer que sejam, sobre medicina, música, política, sempre estava atualizado. Carlinhos adorava pescaria e truco. Deus teve um propósito para ele, para levá-lo tão cedo.

Mesmo assim, somos agradecidos por nos ter dado a chance de conviver com essa pessoa maravilhosa por 42 anos inseparáveis.

Para te lembrar, Carlinhos, você cativou todos os colegas da FAME 84. Carlinhos, você foi brilhante. Esteja em paz e o que nos resta é a saudade eterna. 
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: