Restaurante em BH cultiva fielmente as tradições da gastronomia italiana

Est! Est!! Est!!! serve massas ao dente preparadas na hora

por Walter Felix 02/03/2018 09:00
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
Tagliata all'italiana: corte de novilha com rúcula e parmesão (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

O chef Simone Biondi nasceu na comuna italiana de San Benedetto del Tronto. Em viagem pela Espanha, conheceu a esposa, a belo-horizontina Maria Clara, e se mudou para a capital mineira. Em BH, Biondi fez curso de gastronomia brasileira e trabalhou como garçom, experiência que lhe permitiu exercitar a língua portuguesa, além de colocá-lo em contato com empreendedores do ramo de bares e restaurantes. Foi assim que surgiu, em 2012, o convite para integrar a cozinha de uma nova casa dedicada à autêntica culinária italiana. Hoje, Biondi é chef e um dos sócios do Est! Est!! Est.!!!

“Nossa intenção é mostrar ao público de BH como se come na Itália. Servimos massas ao dente preparadas na hora. Não há trocas nas receitas nem adaptações”, afirma Biondi. O cardápio é sazonal, alterado constantemente. Boa parte dos ingredientes é italiana. É o caso das massas artesanais, trabalhadas em uma espécie de laboratório anexo ao restaurante, e também dos pães, feitos com farinha italiana.

Cinco anos depois de abrir as portas, Biondi conta que o restaurante tem conseguido driblar a crise. “Não sentimos que perdemos público. A frequência de alguns clientes diminuiu, mas a maioria de nossos antigos fregueses se manteve fiel”, conta o chef.

De acordo com ele, além da qualidade dos produtos e da preocupação com o bom atendimento, a casa aposta nas promoções. No happy hour de terça-feira, das 18h às 20h30, quem pedir uma bebida alcoólica ganha um petisco. Na quarta-feira, das 18h até o fechamento da cozinha, têm direito a um espumante as mesas que reunirem quatro mulheres maiores de 18 anos. Quinta-feira, das 18h às 21h, é dia de rodada dupla: dois coquetéis custam o preço de um.

TRADIÇÃO Massa não é mera guarnição, avisa o chef. Como na Itália, os clientes são convidados a consumir o primeiro e o segundo prato – um composto por massa, o outro por carne ou fruto do mar. Biondi sugere como primeiro prato o spaghetti alla carbonara (R$ 46), massa ao creme de ovos com queijo pecorino ralado, pimenta-do-reino e guanciale (bochecha de porco curada). Outra opção é o gesuiti, iguaria típica da cidade natal de Biondi, que traz folhas de massa de crepe com recheio de cogumelos e queijos (R$ 54).

O chef destaca como segundo prato a tagliata di contra filetto: corte nobre de novilha fatiado, tostado por fora e malpassado por dentro. A pedida pode chegar à mesa em duas opções: all’italiana (com rúcula e parmesão; R$ 56) e ai trifolati (com cogumelos frescos salteados; R$ 59).

Entre as entradas, a novidade é o funghi ripieni: cogumelos recheados com figos e patê de fígado de galinha (R$ 38). A burrata, opção vegetariana, reúne muçarela fresca com interior cremoso, tomate ao forno e rúcula (R$ 45).

O menu a quatro tempos permite experimentar entrada, primeiro e segundo pratos e sobremesa determinados pelo chef. Há duas alternativas para essa degustação: com carne (R$ 108) ou frutos do mar (R$ 120).

DOCES As sobremesas mantêm a tradição italiana. É o caso do cannoli siciliano, massa frita recheada com ricota, açúcar e frutas cristalizadas (R$ 23), e do tiramisù, biscoito champanhe molhado em amaretto e café entremeado com creme de queijo mascarpone (R$ 20).

É possível fazer um “tour” pelo cardápio de sobremesas. A La dolce vita! dá direito à degustação de diversas pedidas por R$ 60, servindo até quatro pessoas.

O restaurante ocupa uma antiga casa pertencente à família Passini, pioneira de Belo Horizonte. Um dos sócios é o sommelier Henrique Passini. Com cerca de 170 rótulos italianos, a carta de vinhos oferece garrafas a partir de R$ 52 e taças a R$ 25.

Passini recomenda o Acquarello Nero d’Avola Barone Montalto (R$ 32, 187ml; R$ 58, 375ml; e R$ 108, 750ml) e o Divoto Riserva Copertino Rosso DOC Apollonio (R$ 318, 750ml).


EST! EST!! EST!!!
Avenida Getúlio Vargas, 107, Funcionários. (31) 2526-5852. Aberto de terça a quinta-feira, das 12h às 15h e das 18h às 23h30; sexta-feira, das 12h às 15h e das 18h à meia-noite; sábado, das 12h às 16h e das 19h à meia-noite; e domingo, das 12h às 16h.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA