Ex de Nego do Borel criará ONG para mulheres vítimas de violência doméstica

'Estamos montando e organizando tudo certinho e creio que será um projeto muito especial', revelou a influenciadora

Reprodução/Instagram
Duda Reis e seu ex, Nego do Borel (foto: Reprodução/Instagram)

A influenciadora digital  Duda Reis , ex-namorada de  Nego do Borel , anunciou que está desenvolvendo uma ONG para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica. A famosa contou a novidade ao ser questionada por um seguidor nas redes sociais, revelando estar animada. 

"Isso era um segredo, hahaha. Mas está prestes a acontecer. Estamos montando e organizando tudo certinho e creio que será um projeto muito especial. Como quero que seja para sempre, estamos estruturando tudo, acho que a pressa é inimiga da perfeição e quero que tudo seja impecável" , iniciou  Duda

"Será uma ONG em prol das mulheres, aonde elas poderão receber ajuda e auxílio jurídico para situações de violência. Estou animada!!!! Não temos a data certa ainda, mas estamos dando o nosso melhor, é uma equipe homérica. Obrigada pelo carinho"

Duda Reis

Reprodução/Instagram
Stories feito por Duda Reis (foto: Reprodução/Instagram)
 

A influenciadora namorou com Nego do Borel e no começo deste ano expôs viver um relacionamento abusivo com o cantor.  Duda  declarou que sofria agressões e o acusou por lesão corporal, violência doméstica, estupro de vulnerável, ameaça e injúria, segundo informa o UOL

 

A FAZENDA 

Duda Reis  chegou a usar suas redes sociais para se pronunciar sobre a participação polêmica de Nego no reality show A Fazenda 13 . Em vídeo publicado, ela afirma que a Record comete um " desserviço social " ao dar visibilidade a " homens com ficha criminal " e acusa a emissora de desestimular as denúncias de violência doméstica.

"A maior pena pra mim é uma emissora ter atitudes como essa em diversos anos, de colocar homens com ficha criminal na TV e dar chances pra esses homens. É muito triste, muito doloroso e é um desserviço para a sociedade. A Record tenta dar espaço para pessoas que não merecem, aonde existem diversas pessoas legais e do bem, que merecem entrar. Mas homem que agride mulher, não tem espaço ", afirmou Duda .

"E não é a primeira vez que a Record faz isso. Isso desestimula a mulher a denunciar. E aí o que a sociedade faz? Acolhe o homem que agrediu a mulher, que é de fato a vítima, e que é revitimizada quando passa esse homem na TV"

Duda Reis

 

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: