UAI

Nego Di vai parar na delegacia após destruir carro de homem com facão

O ex-BBB relatou o ocorrido nas redes sociais e alegou que foi vítima de racismo no trânsito

Nego Di vai parar na delegacia após destruir carro de rapaz com facão Reprodução/Instagram/Montagem
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 07/03/2024 08:14
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Na tarde desta quarta-feira (06/03), Nego Di usou as redes sociais para confirmar que acabou parando em uma delegacia depois de destruir o carro de um homem com um facão.

Leia Mais

De acordo com o ex-BBB, ele tomou a atitude após ser vítima de racismo enquanto dirigia. O humorista disse que já havia sido liberado e não foi preso. Vale destacar, que ele já havia sofrido discriminação no trânsito há dois anos, levou o caso para a Justiça, mas, segundo o piadista, nada foi feito, portanto ele reagiu dessa vez.

 

"Não estou preso. Já estou em casa, está tudo certo. Estou aqui para dizer a vocês que a única coisa de ruim que aconteceu hoje foi que apreenderam o meu facão. Só estou aqui porque saiu em página de fofoca. Eu nem ia falar disso, não gostou desse tipo de vibe aqui no meu Instagram", destacou.

 

"Hoje se repetiu e eu agi de outra forma. Eu estava na BR, na pista rápida da esquerda, tentando andar rápido. Estava tudo limpo e o cara estava andando a 50km/h na minha frente", explicou.

 

De acordo com o comediante, apesar dele ter sinalizado, o rapaz não quis deixá-lo passar. "Quando eu buzinei, ele começou a me perseguir pela rua. Quando eu saí da BR, ele encostou o carro do meu lado, abaixou o vidro e começou a me ofender", afirmou.

 

"Eu falei 'vai tomar no seu c*' e quando eu falei isso, ele falou: 'tinha que ser um negro desgraçado, pau no c*, macaco, preto, filho da p*ta', tudo isso. Atravessei o carro na frente do dele, saí com o meu facão que eu uso para gravar os meus vídeos e quebrei todo o carro dele", acrescentou na sequência.

 

Por fim, ele disse que esperou pela polícia e foi para delegacia prestar os devidos esclarecimentos: "Ele disse que vai procurar os direitos dele, que vai me processar e está tudo certo. Eu tenho o direito de reagir como eu reagi. Ele tem o direito de falar, eu tenho o direito de reagir e ele tem direito a tréplica, que é me processar".

 

 

 

Tags:  #Nego Di
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp