UAI

Ex terá que explicar por que chamou Eduardo Bolsonaro de 'bananinha'

'Estou indo lá testemunhar com provas', afirmou a jornalista e ex do terceiro filho do presidente da República Jair Messias Bolsonaro (PL)

Reprodução/Instagram/YouTube/Montagem Reprodução/Instagram/YouTube/Montagem
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 24/08/2022 09:49
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

A jornalista Patricia Lélis afirmou na última segunda-feira (22/08) que o ex e deputado federal  Eduardo Bolsonaro (PL-SP) pediu à polícia que tomasse seu depoimento por ela ter chamado o filho zero três do presidente da República Jair Messias Bolsonaro de "pa* pequeno".

Segundo Patricia, os dois tiveram um relacionamento quando integravam a ala jovem do PSC, antigo partido da família de Bolsonaro, ela afirma ter namorado Eduardo por três anos, o parlamentar nega.

 

"Eduardo Bolsonaro pediu a polícia que aproveitasse que eu estou em Brasília para prestar depoimento sobre o porquê eu o chamei de pau pequeno", escreveu ela em sua conta no Twitter.

 

"Estou indo lá testemunhar com provas. Mais um dia normal na república das bananinhas bolsonaristas". emendou Lélis. 

 

Na sequência, revoltada com alguma interação do ex, no tuíte seguinte a jornalista o marcou e mandou o seguinte recado: "Aí, seu brocha, já que você não me deixa em paz e não sai das minhas redes sociais, aproveita para ver isso aqui, eu dizendo mais uma vez que você e toda a sua família ainda vão ser presos, bandidos", disparou.

 

"Peço desculpas ao meu advogado, sei que deve ser uma merda ter estudado tanto para no fim ficar atuando em processo sobre tamanho do pa* alheio", finalizou Patricia Lélis.

 

Confira, abaixo, os tweets:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp