UAI

Marcelo Adnet faz paródia sobre Jair Bolsonaro xingar mulheres

Humorista debocha da postura do presidente em relação ao gênero feminino. Vídeo foi publicado nas redes sociais

Reprodução/Globoplay/Instagram/Montagem Reprodução/Globoplay/Instagram/Montagem
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 17/09/2022 16:23
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

O nome do humorista Marcelo Adnet foi parar na última sexta-feira (16/09), entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Desta vez, o comediante fez uma paródia sobre o comportamento do presidente da República Jair Messias Bolsonaro (PL) com as mulheres. A canção é inspirada na música Mulheres, de Toninho Geraes, que foi gravada pelo cantor Martinho da Vila, em 1995.

 

A nova produção foi divulgada durante o encerramento do podcast Interrompemos Nossa Programação, no canal do YouTube, do jornal O Globo, e, depois, compartilhada nos perfis do piadista.

 

Na paródia de Adnet, ele debochada da postura de Bolsonaro em relação ao gênero feminino que, entre outras pérolas, canta: "Já xinguei mulheres de todas as coisas, de barbaridades, muitos desaforos. Com umas até um tempo casei, para outras apenas imóveis comprei", disparou.

 

"Mulheres como Lula dizem que sou genocida, sua fraquejada estilo Anitta. Laranja ou crente, empreiteira raiz, sou macho com elas que cuidam de mim. Mulheres jornalistas da mídia comprada, mulheres que fazem perguntas demais. Mas nenhuma delas deposita tão bem quanto a Micheque faz", acrescentou.

 

Vale destacar, que Marcelo Adnet já tinha feito uma gravação sobre a suspeita de interferência do presidente na Polícia Federal na investigação de Milton Ribeiro, em junho deste ano. Na época, ele publicou um áudio nas redes sobre uma conversa fictícia do candidato à reeleição e o ex-ministro da Educação.

 

Ouça a paródia abaixo: 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp