Imigrante do Haiti vai dar aula de culinária do seu país neste fim de semana

Neste domingo, 17, Sherline Raymond vai ensinar receitas típicas no hotel Manferrari, em Contagem, por meio do projeto Migraflix

11/07/2016 18:56
Migraflix/Divulgação
(foto: Migraflix/Divulgação)
Depois de realizar em Belo Horizonte curso de culinária boliviana com imigrante do país vizinho, o projeto Migraflix anuncia para dia 17 deste mês outra ação do tipo, desta vez com uma haitiana e em Contagem. Sherline Raymond vai ensinar, das 15h às 18h, no Manferrari Hotel (Avenida João César de Oliveira, 1.090, Eldorado), receitas típicas de sua terra natal, como o porco frito com um vinagrete picante muito apreciado por lá, chamado pikliz.

Sherline é haitiana e veio para o Brasil em busca de um futuro melhor. Considera que sua maior conquista foi estudar. De informática à decoração, passando pela cozinha, se formou na área da saúde e começou a trabalhar como enfermeira ainda no país natal. Seu grande sonho é ser médica.

O Migraflix é um projeto social sem fins lucrativos que consiste em plataforma de workshops ministrados por imigrantes e refugiados, abrangendo áreas como gastronomia, arte e música de diversos países - sempre é levado em conta que a troca é importante para ambas as partes. As vagas são limitadas e o preço, por pessoa, é de R$ 90 (inclui degustação das receitas ensinadas), sendo que 80% da renda ficará com o próprio imigrante. As incrições devem ser feitas pelo link http://migre.me/uiCsp.

Os participantes aprenderão a preparar, como entrada, uma sopa de abóbora à qual os haitianos acrescentam chuchu, nabo, banana e carne de boi. O prato principal que Sherline ensinará é a carne de porco frita e servida com o tal vinagrete pikliz, feito com repolho, cenoura, pimenta, e cebola. Para adoçar a boca, ela mostrará, ainda, o pudim de mexerica. Para beber, suco de maracujá com laranja, combinação apreciada no país da imigrante. Haverá música haitiana ao vivo nos momentos de degustação.

O Haiti possui influências africanas, europeias e indígenas em sua cultura. A culinária é semelhante à de outros países do Caribe, baseada em arroz, milho, painço, batata doce e feijão, além de pimentas e muitas frutas (abacaxi, manga, coco e goiaba, principalmente).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA