Ariadna critica ausência LGBTQIA+ em publicidade da Disney

Ariadna reclamou que os 'únicos LGBTs' do 'No Limite' não foram convidados para ação de divulgação, que contou com ex-participantes do reality show

Reprodução/Instagram
Segundo Ariadna, ela foi 'desconvidada' às vésperas do trabalho: 'Nesses detalhes percebia exclusão' (foto: Reprodução/Instagram)
Nesse domingo (18/7), alguns participantes do 'No Limite' foram convidados pela Disney para participar da divulgação do seu novo filme, 'Jungle Cruise'. No entanto, a ausência dos competidores LGBTQIA+ foi alvo de críticas nas redes sociais. 

Dos 16 participantes do reality show, ficaram de fora da ação os ex-BBB's Mahmoud, Ariadna, André, Lucas Chumbo, Guilherme e Iris Stefanelli. 
Transexual, Ariadna desabafou sobre a situação e o sentimento de exclusão. Segundo ela, Mahmoud não recebeu nenhuma proposta da empresa, enquanto ela foi "desconvidada" às vésperas do trabalho. 

"Tá bom, vou abrir o coração. Tá rolando um jobs para a Disney e tá quase todos reunidos (sic). Mas alguns participantes nao irão fazer. Só que óbvio que a gente repara. Únicos lgbts do programa eu não fui e Mahmoud nem soube do jobs. Só ficou sabendo hj pq falei com ele. É isso", escreveu ela no Twitter, e ainda completou:

"As empresas podem contratar quem elas quiserem e claro ninguém é obrigado a nada. Mas nesses pequenos detalhes percebia exclusão, sim. Podem dizer o que quiser. A gente sente", concluiu o assunto.



Em resposta a uma seguidora, Ari contou que chegou a ser convidada para a ação, e até antecipou sua vinda para o Brasil, mas não rolou: "Fui. Minha volta da Itália era ontem, dia 17, antecipei meu voo, cheguei aqui e tô assim", respondeu ela, ao compartilhar o meme de John Travolta perdido. 


Ariadna ainda publicou um vídeo em que ironiza o interesse das marcas apenas no mês de junho, em referência ao mês do Orgulho LGBTQIA+ .

"Ah entendi tudo Mahmoud, pq não nos encontramos hoje… o mês de junho já passou. Talvez ano que vem", comentou ela.




MAIS DESABAFOS

Essa não é a primeira vez que Ariadna se incomoda com a falta de oportunidades em sua carreira profissional por conta da sua identidade de gênero. 

Em junho, a ex-participante do 'No Limite' utilizou suas redes sociais para expor como os preconceitos a atingem profissionalmente.


Com mais de 905 mil seguidores em seu perfil, ela é a mulher trans mais seguida do Brasil. Mesmo assim, Ari contou que não recebe convites para trabalhos de publicidade, muito comum nas redes sociais para os digitais influencers. 

 

"É uma grande conquista. 850 mil seguidores no Instagram. Quase 1 milhão. Mas eu me pergunto: cadê as publis?", se manifestou no Twitter. 

 
 
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE SERIES-E-TV/REALITIES