BBB18: Paula é eliminada; final tem Gleici, Kaysar e família Lima

A empresária mineira perdeu a disputa com Ayrton e Ana Clara no último paredão do programa e viu frustrado seu sonho de estar na final

por Redação EM Cultura 17/04/2018 23:17

Paulo Belote/Divulgação
Ex-jogadora de vôlei, Paula aplicou sua experiência de atleta ao reality (foto: Paulo Belote/Divulgação)

A empresária mineira Paula, de 29 anos, ficou em 4º lugar na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil 18. Ela deixou o programa nesta terça (17), com 62,19 % dos votos, após enfrentar a família Lima (Ana Clara e Ayrton) na última berlinda do reality.

 

Antes de exibir o vídeo que resumiu a participação da mineira no programa na noite desta terça (17), Tiago Leifert descreveu a participante como "muito bonita, boa jogadora, firme, sensata".

 

Antes de anunciar a eliminação da mineira – na verdade, Leifert preferiu anunciar quem passou para a final –, Leifert resumiu a participação de Paula no jogo assim: "Além de ser obviamente linda, a gente viu qualidades raras na Paula. É simples, fácil, não tem mimimi, não tem conversinha, não fica magoada, o papo é reto. Muita gente compreende, mas tem gente que não compreende".

 

Paula foi indicada na segunda (16) por Kaysar, logo após o sírio vencer a última prova do líder desta edição. No paredão anterior, Kaysar foi indicado por Paula, que vencera a prova do líder.

O brother derrotou Breno (affair de Paula), que Kaysar escolheu para ser seu adversário. Paula também teve direito de decidir com quem iria para a berlinda e optou pela família Lima, com a justificativa de que eles entraram com uma vantagem no jogo por serem dois. Sua outra opção seria a estudante de psicologia Gleici. 

Paula é uma ex-atleta de vôlei profissional e usou toda a sua experiência esportiva no programa, pincipalmente nas provas. A sister se mostrou guerreira e conquistou a sétima liderança do BBB18 numa prova de resistência disputada em dupla com Jéssica. "Ninguém deixou a gente ganhar, não. A gente ganhou porque a gente é fera", disse ela, após 14 horas de prova.

 

Paulo Belote/Divulgação
A mineira disse que entrou na casa solteira e de coração aberto (foto: Paulo Belote/Divulgação)
A mineira também chegou a ficar mais de 10 horas na prova do anjo e quase 30 horas na disputa pela imunidade. A edição do BBB18 chegou a compará-la com Lara Croft, quando lhe dedicou o segmento "Paula Croft" num dos programas.

Embora tenha se definido no vídeo de apresentação do programa como "um caos", a mineira sempre foi cautelosa em suas ações e declarações. Segundo ela, tentava entender as razões por trás das atitudes de seus concorrentes no confinamento: "Não quer dizer que eu concorde, mas quer dizer que tento entender o que está passando na cabeça do outro". Ela explicou que esse era um modo de se precaver e antever os próximos movimentos dos adversários. 

Mesmo assim, a sister cravou uma discussão com Patrícia no confinamento e se envolveu em situações embaraçosas com a família Lima. No entanto, ela dividiu mesmo a opinião dos brothers (e do público) na formação do décimo segundo paredão do programa, quando preferiu votar em Ana Clara e Ayrton ao invés de Jéssica. Na ocasião, ela deveria escolher entre os Lima, Gleici ou Jéssica - todos são seus aliados no jogo desde o início, mas ela havia dito a Ana Clara anteriormente que "aqui sou eu por você e você por mim".

Globo/Reprodução
Depois de muito resistir, a sister se envolveu com Breno (foto: Globo/Reprodução)
A estudante de jornalismo se mostrou irritada com a justificativa de voto da amiga e a acusou de "falar uma coisa e fazer outra" no programa, além de colocar a amizade entre ela e a personal trainer em xeque. "Eu não consigo mensurar quanto mais amiga eu sou de uma pessoa do que de outra. Eu não consigo falar que eu sou mais amiga sua. Então, a minha escolha do meu voto não é uma escolha de quem eu sou menos amiga. A minha escolha é simplesmente de jogo. Do mesmo jeito que você falou que gostaria que a Gleici ganhasse eu não mudei com você. Eu votar em você não muda a questão de querer estar com você na final. Não te expus a nada. Você não ia para o paredão", esclareceu Paula.

Paula conquistou o "poder do veto" na primeira semana e salvou Jéssica do paredão. A personal trainer catarinense havia recebido sete votos da casa. As duas se tornaram amigas desde então. Dividiram um castigo do monstro em que ficavam atadas uma à outra pela roupa e protagonizaram também um beijo após uma festa.

Jogo à parte, Paula também acabou se "permitindo" durante o programa. A sister entrou solteira na casa e antes disso avisou que, além de gostar de paquerar, queria viver um romance ao vivo para todo o Brasil: "Agora o coração já está aberto, meu amor. Já está aberto tem um tempão. Pode vir, pelo amor de Deus! Aparece alguém!". E não é que apareceu?

Mesmo após ficar com Ana Clara e Jaqueline, o arquiteto goiano Breno insistiu em beijar a mineira durante várias festas. Apesar de ter revelado que tinha vontade de ficar com o arquiteto, e ter recebido o aval da ex-affair de Breno (Ana Clara), a empresária mineira afirmou que não ficaria com ele, porque sua amizade com a sister era mais importante: "É que você é minha amiga e quem eu quero levar pra minha vida inteira é você. Ele já chegou em mim três vezes e agora é a quarta vez, só que eu nunca fiquei com ele e eu nunca vou ficar com ele", explicou Paula.

 

No entanto, a certa altura, ela decidiu se "permitir" o que "tinha vontade de fazer", e os dois se beijaram e foram parar até debaixo do edredom. Breno e Paula ficaram juntos até a saída do goiano do programa, no penúltimo paredão, na segunda-feira (16).

Globo/Reprodução
Paula e Jéssica se beijam no banho, após festa (foto: Globo/Reprodução)
Apesar de ter mantido uma postura considerada "sensata" pelos fãs do programa, a sister se perdeu nas últimas semanas do programa, quando passou a fazer uma série de declarações preconceituosas contra Kaysar, ressaltando que pelo fato de ele ser estrangeiro ele não deveria ganhar o reality. Ela chegou a dizer que ele deveria disputar "o Big Brother lá da Síria".

Durante a prova de resistência na qual Kaysar permaneceu por 43 horas, quando o brother afirmou ter"medo" de falar sobre a situação no seu país, a mineira discordou de sua postura e opinou que a "a população síria tem que reagir de alguma forma contra o governo" para acabar com a guerra.

Em sua justificativa para permanecer na casa ao ser indicada por Kaysar ao paredão, ela começou dizendo que é "brasileira raiz" e citou que seu avô foi combatente da FEB.
Tais comentários fizeram com que a sister fosse acusada de xenofobia nas redes sociais.

Paulo Belote/Divulgação
A sister cumpriu castigo do monstro com Jéssica (foto: Paulo Belote/Divulgação)

Com a eliminação de Paula, ficou configurada a disputa entre os finalistas Família Lima, Gleici e Kaysar. A premiação será nesta quinta (19).  
 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV