Jorge Vercilo desembarca em BH com a turnê 'A experiência'

Em entrevista, o cantor e compositor elogia o legado do Clube da Esquina para a MPB e analisa sua trajetória na música

por Débora Anunciação 18/05/2018 09:35
Thatiana Moraes/Divulgação
Cantor afirma que a TV divulgou TV as músicas que ele não considerava 'comerciais'. (foto: Thatiana Moraes/Divulgação)

A boa trilha sonora pode ser essencial para o sucesso – ou não – de uma novela. Emplacar uma canção como tema de um personagem importante significa o reconhecimento do trabalho árduo do compositor. Autor de cerca de 16 hits da telinha, o compositor Jorge Vercillo, de 49 anos, diz que a TV divulgou músicas que ele não considerava “comerciais”. Neste sábado (19), o carioca chega a BH com a turnê A experiência. O repertório terá sucessos de trilhas televisivas como Fênix, Ciclo, Ela une todas as coisas e Vida é arte.

“Sempre reservei espaço para canções mais profundas e fui beneficiado por isso. Tá aí a prova para quem diz que o caminho é fazer só música comercial. É importante levar isso para as outras gerações, pois os artistas mais jovens se preocupam apenas em fazer sucesso e não com música de qualidade”, diz. O repertório de A experiência extrapola as novelas. Reúne sucessos radiofônicos de Vercillo e algumas novidades. A sonoridade mescla MPB, pop, bossa nova, jazz, samba e balada.

Jorge conta que seu público tem se renovado. “Vai de crianças que vão ouvir Homem-aranha a senhores e senhoras que preferem o lado MPB”, comenta. O compositor explica que, antigamente, o que tocava na TV era amplamente divulgado e ganhava espaço rapidamente na mídia. Hoje, embora o público mais jovem não seja tão ligado à TV, ainda há muitos telespectadores fiéis. “A própria MPB é muito grata às novelas, pois elas divulgaram músicas muito importantes”, garante.

Depois de quatro anos, Vercillo volta a Belo Horizonte. É fã da música mineira, em especial do Clube da Esquina. “Fico muito emocionado com a herança musical de Minas para o mundo, não só na obra do Milton Nascimento, do Marilton, Márcio e Lô Borges, mas de tantos outros artistas”, comenta. “Tanto o Jota Quest quanto o Skank valorizam o Clube da Esquina dentro do pop deles. O público também deve valorizá-lo, começar a acompanhar artistas que façam músicas nessa linha para que isso não se perca”, defende.

André Neiva (contrabaixo e vocal), que assina a direção musical do show, Misael da Hora (teclados e vocal), Claudio Infante (bateria) e o filho de Jorge, Vinicius Vercillo (violão, guitarra e vocal), de 16 anos, subirão ao palco. “No começo, fui contra, por causa da escola. Mas Vinicius tem conseguido conciliar os dois (trabalhos) com responsabilidade e está conquistando o espaço dele”, revela o pai-coruja.

* Estagiária sob supervisão da editora assistente Ângela Faria

A EXPERIÊNCIA
Com Jorge Vercillo e banda. Sábado (19), às 22h. KM de Vantagens Hall. Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, (31) 3209-8989. Pista/1º lote: R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia-entrada). Mesas/quatro lugares: R$ 520 e R$ 440. Informações: goo.gl/rE1YQ7.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA