No embalo da final da Copa, Festa Francesa tem mais uma edição em BH

Nesse sábado, dia da Queda da Bastilha, evento oferece atrações culturais e gastronômicas da França para o público belo-horizontino

por Walter Felix 13/07/2018 08:00
ERIC FEFERBERG/AFP
ERIC FEFERBERG/AFP (foto: ERIC FEFERBERG/AFP)
É neste domingo (15) que a França disputa a final da Copa do Mundo na Rússia. Mas, em Belo Horizonte, a comemoração começa antecipadamente, no sábado, com a realização da 19ª edição da Festa Francesa. Para não coincidir com a final da Copa, o evento, que tradicionalmente ocorre aos domingos, foi antecipado em um dia. E acabou coincidindo com a data nacional francesa, o 14 de julho, quando se comemora a tomada da Bastilha.

Ao divulgar a cultura e a gastronomia do país europeu, a Festa Francesa procura também atrair aqueles que porventura se intimidem com a aura de glamour e sofisticação em geral associados à culinária da França. “Se oferecêssemos apenas pratos sofisticados, seria uma afronta à própria alma do evento, que é beneficente e realizado na rua, um local que deve ser democrático. Será possível comer crepe – que tem preço acessível e não deixa de ser francês – e também pratos mais elaborados, feitos pelos chefs da cidade”, afirma Leonardo Soares, um dos produtores do evento, realizado em parceria com o consulado da França em Belo Horizonte.

A proposta se assemelha à do restaurante Mon Caviste, que toma parte na festa. “Nossa intenção, desde que começamos a importação de vinhos de pequenos produtores, é desmistificar o conceito de França que em geral há na cabeça dos clientes. Não é só luxo, há também o rústico, o artesanal e aquilo que é feito com carinho, sem focar na alta gastronomia”, afirma Felipe Lins, um dos proprietários.

Para a clientela da Festa Francesa, ele oferece sopa clássica de cebola, com bacon e fundo de carne (R$ 28), e daube à provençal (carne bovina em cubos, cozida em seu molho com curry e legumes; R$ 30). São duas as opções de sanduíche em pão ciabatta: de pato desfiado com molho dijon e picles (R$ 26) e de queijo raclette com pesto (R$ 26). O espaço também venderá vinhos e itens de padaria.

PÂTISSERIE Os sócios Guy Joël Ferchouli e Florian Laroche, responsáveis pelo La Bastille, se dividem em dois estandes, onde venderão crepes e quitutes de origem francesa. Será possível pedir os tradicionais crème brûlée (R$ 16), entremet de caramelo (R$ 16) e tarte citron (torta de limão, R$ 16). Os macarons, já populares entre os brasileiros, custam R$ 6 (unidade).

São quatro as opções de crepes salgados, todos feitos com queijo gruyère: La Parisienne, com presunto (R$ 20); La Provençale, com peito de peru (R$ 22); La Normande, com frango ao molho bechamel (R$ 24), e La Végétarienne, com alface, tomate e rúcula (R$ 22). Para sobremesa, os recheios podem ser de nutella (R$ 18) ou chocolate belga (R$ 20).

Também integram o circuito gastronômico da Festa Francesa: Provençal Gourmet, Villa il Dolce, Le Comptoir de Toamasina, Omilia, Duke ‘n’ Duke, Ah! Bom, Rossignol Patisserie e Fiorella Gelato, entre outros restaurantes. A importadora de vinhos Camporeale e a cervejaria Wäls são outras que se juntam à festa.

SHOWS “Nesses quase 20 anos de história, apareceram as festas portuguesa, italiana e peruana, mas a francesa foi pioneira, em BH, nessa proposta de festas de rua dedicadas a um país”, lembra Leonardo Soares. A programação cultural celebra tanto o contemporâneo quanto o tradicional da arte francesa. Os shows começam às 14h, com a cantora brasileira Sônia Andrade, que interpreta clássicos da carreira de Edith Piaf. Na sequência, a banda Power Muzak apresenta um repertório de música pop em francês e inglês. Às 18h30, a black music do grupo Black Machine leva um tom diferente à temática da festa. Para fechar a noite, sobe ao palco, a partir das 19h30, o DJ e produtor musical Paco Pigale.

Completam a programação a instrumentista Lara Odin, que toca o raro orgue de barbárie, produzido por sua família, além de números circenses e atividades recreativas para as crianças.

19ª FESTA FRANCESA DE BELO HORIZONTE
Sábado (14/7), das 10h às 22h. Praça José Mendes Junior, ao lado da Praça da Liberdade, Funcionários. Ingressos limitados, trocados por 1kg de alimento não perecível (exceto sal e fubá). Informações: facebook.com/festafrancesa.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA