Empório especializado divulga a gastronomia e a cultura do Japão em BH

Localizada no Carmo, a Miogá comercializa os mais variados itens ligados à culinária japonesa, de molho shoyu à cerveja Sapporo, bem como utensílios específicos

por Ana Clara Brant 13/07/2018 08:41
Marcos Vieira/EM/D.A Press
Adriano Araújo, Matsue e Aline Yukari comandam o empório japonês no Bairro do Carmo. (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

O Japão está presente na vida dos brasileiros há 110 anos, pois a primeira leva de imigrantes do país oriental desembarcou em Santos (SP), em junho de 1908. Desde então, a cultura nipônica se faz presente no Brasil, principalmente na gastronomia. Sushis, sashimis, makis, temakis e yakisobas se tornaram populares, servidos em restaurantes especializados e “invadindo” supermercados e padarias.

“Essa fama começou em São Paulo, onde a colônia japonesa é forte, e se espalhou pelo Brasil. O interesse por filmes e desenhos, principalmente o mangá, acabou atiçando mais ainda a curiosidade”, acredita o empresário Adriano Araújo. Há dois meses, ele abriu a Miogá, loja especializada em produtos japoneses, ao lado da mulher, Aline Yukari, com a colaboração de Matsue Yukari.

O nome se refere ao broto da flor do gengibre, planta que os ancestrais de Aline cultivavam na terra do sol nascente. “É uma flor muito bonita e delicada. Fizemos questão de que ela fosse o nosso símbolo”, conta Adriano. Instalada no Bairro do Carmo, a casa lembra um empório, comercializando os mais variados itens ligados à culinária japonesa. Lá podem ser encontrados molho shoyo, massas (bifum lámen, yakisoba), o famoso arroz japonês, cogumelos desidratados e bebidas tradicionais – de chás e saquês à cerveja Sapporo. Também é possível comprar luminárias típicas, cerâmicas, bonequinhas e utensílios de cozinha como hashis e massus (copos de saquê).

“A ideia não é apenas ser uma loja que comercializa produtos, mas um espaço para divulgar a cultura japonesa. Em breve, no máximo em um mês, vamos oferecer cursos de culinária”, ressalta Adriano Araújo.


PRATOS A proposta da Miogá é ensinar a fazer pratos quentes japoneses menos conhecidos do público, mas nem por isso menos saborosos e saudáveis.

“A gente conhece muito o Japão do sushi e do peixe cru, mas a culinária japonesa tem uma variedade de pratos quentes muito interessante”, diz ele, listando sopa de legumes, guioza (o pastelzinho chinês “adotado” pela gastronomia nipônica), tempurá, yakisoba e teppanyaki (carnes, frutos do mar e legumes grelhados na chapa). “Tem muita coisa”, ressalta.

O andar superior vai abrigar um espaço para cursos de artesanato. “O Japão tem tradição nisso. Origami e ikebana (arranjos florais) são artes milenares. Vamos ministrar essas oficinas aqui”, anuncia.

Às quintas e sextas-feiras, a loja promove happy hour, projeto ainda em fase de testes. “É justamente para as pessoas poderem experimentar e conhecer o que vendemos. E para elas também constatarem como a comida japonesa é diversa e rica”, reforça Adriano.

Ele pretende fazer da loja um espaço para divulgar trabalhos de artes plásticas. “Estamos promovendo algumas exposições para frisar a ideia de que a Miogá é um espaço multicultural”, conclui.

 

MIOGÁ
Rua Grão Mogol, 57, Carmo. (31) 2527-0050. Aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h30, e aos sábados, das 9h às 14h.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA