Festa Portuguesa reúne gastronomia e cultura da terrinha em BH

Evento no sábado contará com a presença de restaurantes especializados no entorno do Museu Histórico Abílio Barreto

por Débora Anunciação 15/06/2018 08:00
Caravela/acervo
Filezinho de porco com texturas de goiaba, prato do Caravela (foto: Caravela/acervo)
Muito além do bacalhau, a gastronomia lusitana é rica em temperos e iguarias que têm forte influência no paladar brasileiro. Sábado (16), durante a 8ª Festa Portuguesa, doze horas de programação prometem oferecer o melhor da cozinha luso-brasileira no entorno do Museu Histórico Abílio Barreto, na Cidade Jardim.

A expectativa é reunir 40 mil pessoas para celebrar o Dia de Portugal e Dia de Camões, comemorados em 10 de junho. Sob a curadoria do chef Edson Puiati, a agenda gastronômica vai destacar a interação entre sabores dos dois países – em três horários, receitas típicas serão preparadas ao vivo. O público poderá conferir também atrações musicais, como a DJ Joana Hasse, portuguesa radicada no Brasil.

O menu da Taberna Baltazar, um dos expoentes da cozinha da “terrinha” em BH, oferecerá os chamados doces conventuais (R$ 10) – de pastéis (de nata, Tentúgal, Coimbra e Santa Clara) ao quindim. O cardápio é assinado por Teresa Baltazar.

O toque mineiro do Baltazar poderá ser sentido no bacalhau à Brás (bacalhau gadus morhua em lascas com quiabo, abóbora, ovo e batata palha; R$ 30). O clássico lusitano foi incrementado com a crocância do quiabo e a doçura da abóbora, ingredientes típicos da culinária das Gerais.

Outras opções são as alheiras, embutido português com carne de porco e pão (R$ 26), e as tradicionalíssimas sardinhas assadas na brasa com molho de azeite e pão (R$ 36).

Cristóvão Laruça, chef do restaurante Caravela, participa pela terceira vez da festa. “Nosso objetivo é demonstrar que a gastronomia portuguesa vai além do bacalhau”, diz ele. A casa aposta em uma cozinha que mescla raízes portuguesas e técnicas contemporâneas.

COENTRADA

Laruça sugere como entrada o bolinho de bacalhau tradicional (R$ 24, oito unidades) e as tirinhas de porco grelhadas de coentrada (R$ 26 a porção). Como prato principal, o chef recomenda o bacalhau em lascas no creme de caldeirada com azeitonas crocantes e gel de hortelã (R$ 36). Outra opção é o filezinho de porco com migas de baroa, linguiça portuguesa e texturas de goiaba (molho, pururuca, picles e espuma de goiaba; R$ 30).

Os pastéis de Belém estão entre as sobremesas (R$ 10 a unidade) preparadas por Laruça, assim como a baba de camelo, similar à mousse de doce de leite, com farofa de café (R$ 10). Esse doce é vendido no pote.

Outras casas confirmadas na Festa Portuguesa são o Tugas, Thiago Lima & Renato Lobato, Armazém Medeiros, Verde Gaio e o Restaurante do Porto, além das convidadas Paladino e Dona Lucinha, que se dedicam à gastronomia de raiz mineira sob influência portuguesa.

Também oferecerão seus produtos a Doces de Portugal, Sorvete Artesanal Alento e Casa di Maria.

* Estagiária sob supervisão de Ângela Faria



FESTA PORTUGUESA

Sábado (16), das 10h às 22h,  no entorno do Museu Histórico Abílio Barreto, Cidade Jardim. Acesso pela Avenida Prudente de Morais (esquina com Rua Josafá Belo) ou pela Rua Conde de Linhares (esquina com Rua Tenente Renato César). Entrada franca. Solicita-se a doação de agasalho, alimentos não perecíveis, livros e material escolar. Informações: facebook.com/FestaPortuguesaBeloHorizonte.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA