Restaurante inaugurado na Sagrada Família serve delícias do México

The Mexican Gastro Pub faz 'homenagem' a comida mexicana com receitas adaptadas e decoração típica

por Márcia Maria Cruz 08/06/2018 08:34
Marcos Vieira/EM/DA PRESS
O chef Daniel Alonso defende a fusão da tex-mex com a legítima culinária mexicana. (foto: Marcos Vieira/EM/DA PRESS)

A Região Leste de BH ganhou um restaurante dedicado à cultura mexicana, com direito a decoração típica e culinária que homenageia o país da pintora Frida Kahlo (1907-1954), famoso por sua música e pela comida apimentada.

Todo o cardápio do The Mexican Gastro Pub, no Bairro Sagrada Família, foi criado por Daniel Alonso, que trabalhou em casas com esse perfil em BH e no Rio de Janeiro. O chef deixa claro que se trata de uma homenagem à comida mexicana, pois não é possível reproduzir com exatidão as receitas de lá devido à dificuldade de encontrar todos os ingredientes originais aqui no Brasil. “Somente pimentas, temos mais de 200 tipos”, comenta.

Com dois ambientes, o pub é decorado com sombreiros e as cores do México – verde e vermelho. De acordo com Alonso, o diferencial da casa é o foco na culinária, e não apenas na música. “As pessoas sabem que podem vir para cá comer. Só depois da meia-noite o som fica mais alto”, afirma.

Milho, feijão e abacate – a base da culinária mexicana – são usados nos pratos idealizados pelo chef. Um deles é a tulipa de frango, cuja porção com seis unidades custa R$ 29. Ela chega à mesa com mole, “molho pré-hispânico” com 20 especiarias, banana, chocolate e pimenta. A iguaria é acompanhada de guacamole e nachos. As asinhas são preparadas no forno, evitando frituras.

Há também pedidas veganas. É o caso das enchiladas – um tipo de panqueca –, servidas com creme de milho (R$ 28). Quem preferir carne pode pedir a morcela (R$ 14), de preparo muito parecido com o do chouriço, acompanhada de molho de laranja.

TRANSIÇÃO Daniel Alonso aposta na cozinha de transição entre tex-mex e a legítima comida consumida naquele país. “Na maioria dos restaurantes típicos, os pratos são tex-mex, fusão entre as cozinhas texana e mexicana. Não podemos falar que se trata de comida mexicana”, enfatiza.

O chef procurou introduzir outros sabores e texturas em seus pratos. “É difícil educar o cliente já acostumado a comer tex-mex. Não posso dizer a ele que não é comida mexicana”, afirma. Um dos primeiros passos é aprender a saborear as pimentas. “É preciso adquirir paladar para se acostumar com a ardência”, ensina Alonso.

Também há opções de tortilhas, mas o chef alerta: as servidas no Brasil não costumam passar pela nixtamalização. “É um processo químico descoberto pelos astecas. Eles cozinhavam com cal para amolecer o milho. Isso traz melhoramentos nutricionais ao alimento, além de dar outro sabor”, diz. O milho fica de molho no cal até pouco antes de a casca que envolve o grão se romper.

A carta de bebidas oferece as tradicionais tequilas Jose Cuervo (R$ 12,50) e El Jimador (R$ 14,50). Entre os drinques está a margarita flor (R$ 22), preparada com tequila, triple sec, xarope de hibisco, limão e sal.

THE MEXICAN GASTRO PUB
Avenida Silviano Brandão, 1.891, Sagrada Família, (31) 2515-2530. Funciona de quinta-feira a sábado, das 21h às 4h, e na quarta-feira e no domingo, das 18h à meia-noite.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA