Começa na Região das Vertentes festival gastronômico e cultural que mobiliza nove cidades

Festival Happy Hour terá atividades em 41 estabelecimentos

por Walter Sebastião 10/01/2014 00:13
Stephanne Fernandes/Divulgação
(foto: Stephanne Fernandes/Divulgação)
Pesquisa realizada em 2011 revelou que variado público (turistas, estudantes, pessoas que curtem a natureza etc.) que mora ou frequenta cidades da Região da Vertentes gostaria de maior oferta de gastronomia e cultura no horário vespertino. Em resposta à demanda surgiu o Festival Happy Hour. A segunda edição do evento começa hoje e segue até 2 fevereiro, com atividades em 41 estabelecimentos (bares e restaurantes) de nove cidades (Barbacena, Barroso, Carrancas, Dores de Campos, Prados, Resende Costa São Tiago, São João del-Rei e Tiradentes). Quinze deles em São João del-Rei. O festival começa sempre às 18h e só termina às 22h.


O evento, como explica o coordenador geral Adriano Margotti, tem o objetivo desenvolver a culinária mineira de raiz. Por isso, a cada ano elege um produto/ingrediente que deve estar em todos os pratos. O de 2014 são os queijos de Minas. O Happy Hour também quer ser um incentivo à arte. Por isso, todos os estabelecimentos participantes têm que apresentar um show de música, peça de teatro, exposição de arte, artesanato etc. Para valorizar o local, também entra em destaque um segundo prato: a especialidade da casa.

“Nossa proposta é um happy hour com atmosfera gastronômica, artística e boêmia, que coloque um pouco mais de cultura no dia a dia das pessoas”, explica Adriano Margotti. Quem passear pelas cidades da região poderá experimentar 82 pratos. De sedutoras tábuas de frios, até uma surpresa caipira (lombo recheado com bacon envolto por capa crocante de queijos) ou uma queijilha (massa de milho de canjica recheado de queijo). Os preços variam entre R$ 8 e R$ 80.

A sedução que o Festival Happy Hour exerce, para Adriano Margotti, tem explicação. “É um horário bom de encerramento das atividades do dia, hora de relaxar, tirar a pressão das tarefas do cotidiano e recarregar as baterias para o dia seguinte”, afirma. “Boas amizades e estabelecimentos bacanas para festejar ajudam a fazer das tardes um momento especial”, observa. “Como estamos no horário de verão, dá para curtir um pouco o sol e ainda pegar um pouco da vida noturna. Não é balada, mas é o famoso happy hour”, finaliza.

Os festivais, para Adriano Margotti, vêm tendo o papel de incentivar novas receitas e novas percepções dos fundamentos da culinária mineira.

Em tempo: o ingrediente celebrado na primeira edição do Festival Happy Hour foi o fubá moinho d’água.

2º FESTIVAL HAPPY HOUR
De hoje a 2 de fevereiro. Festival gastronômico e cultural em 41 bares de nove cidades da Região das Vertentes (Barbacena, Barroso, Carrancas, Dores de Campos, Prados, Resende Costa São Tiago, São João del-Rei e Tiradentes). Informações: www.festivalhappyhour.com.br e (32) 3373-3453.

Saiba mais

Espaço gourmet

Do dia 25 deste mês até dia 2 fevereiro será criado o espaço gourmet da 2ª edição do Festival Happy Hour, com infraestrutura de tendas em trecho fechado da Av. Tancredo Neves, no Centro de São João del-Rei.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA