Cantor R. Kelly é condenado por extorsão e tráfico sexual de mulheres

Artista pode enfrentar décadas de prisão após sentença

Reprodução/Instagram
R. Kelly (foto: Reprodução/Instagram)

O cantor Robert Sylvester Kelly , mais conhecido como R.Kelly , de 54 anos, foi condenado por extorsão e tráfico sexual de mulheres e menores de idade nesta segunda-feira (27/09). O artista foi acusado com uma alegação de extorsão e oito alegações contra a Lei Mann, que proíbe o transporte de pessoas através de fronteiras estaduais para atividades sexuais fora da lei.  

 

A avaliação da sentença foi feita por um júri federal composto por sete mulheres e cinco homens em Brooklyn, nos Estados Unidos, e o gabinete oficial confirmou a informação em um tweet. Para o julgamento, promotores federais chamaram 45 testemunhas, com 11 acusadores, sendo nove mulheres e dois homens. 

 

R. Kelly foi considerado culpado de chefiar um esquema ilegal que traficava mulheres e menores de idade para a realização de atividades sexuais. Ele já havia sido acusado por má conduta sexual e também foi julgado por pornografia infantil, mas foi absolvido.

 

 

Os grandes sucessos de R.Kelly

 

I believe I can fly é a música mais conhecida de R. Kelly no Brasil, em que foi composta, produzida e interpretada por ele, lançada em 1996 na trilha do filme Space Jam . Ele ganhou três Grammys pela faixa.

Mas ele teve diversos outros hits e vendeu mais de 70 milhões de álbuns. R. Kelly é um dos músicos que renovou o R&B nos anos 90. 

 

De acordo com o G1 , embora o single I believe I can fly foi sua música de maior sucesso, ela acabou não chegando topo da Billboard porque saiu na mesma época de Un-break my heart , de Tony Braxton . Mas ele teve duas músicas no número 1: Bump n' Grind, em 1994, e I'm your nngel ( com Celine Dion), em 1998. 

 
A condenação por tráfico sexual 

 

Procuradores federais acusavam o cantor de comandar um séquito de empresários, seguranças e outros que recrutavam mulheres e meninas para ele fazer sexo e abusar, além de produzir pornografia, inclusive infantil.

 

Entre as acusações pela qual foi condenado, estavam a de que Kelly subornou um funcionário do governo que deu a permissão para que ele se casasse com a cantora Aaliyah (1979-2001) em 1994, quando ela tinha apenas 15 anos. 

 

Segundo o jornal jornal New York Times , a acusação chamou quase 50 pessoas, que testemunharam que a faceta pública do cantor escondia um predador calculista e controlador. Entre as testemunhas estavam nove mulheres e dois homens que acusaram Kelly de abuso ou outro tipo de má conduta e oito funcionários do cantor.

Já a defesa se concentrou em pequenas mudanças de relatos entre as testemunhas, tentando convencer os jurados de que todas as atividades sexuais entre ele e as vítimas tinham sido consensuais. 

 

 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: