Camilla defende domésticas após vídeo de Adriana Sant'Anna: 'Valorize'

Ex-BBB desabafou em série de vídeos publicados no Instagram

Reprodução/Instagram
Camilla de Lucas sai em defesa das domésticas (foto: Reprodução/Instagram)
Nesta sexta-feira (25/6), a ex-BBB 21 Camilla de Lucas manifestou apoio às empregadas domésticas nas redes sociais após os comentários de Adriana Sant’Anna nesta quinta, que 
reclamou dos preços cobrados pelas empregadas nos Estados Unidos.


"Vi uns stories ontem de uma pessoa superconhecida, que tava reclamando do preço que as diaristas cobram, que ela acha um absurdo o valor. Quando eu vi esses stories, eu fiquei tão chateada. [...] Minha mãe trabalhou na casa de algumas famílias por muitos anos, [...] trabalhava como doméstica porque ela não tinha concluído os estudos. Então, ela não via outra opção de trabalho, era muito mais difícil ela conseguir uma outra oportunidade”, diz a influencer no Instagram.

“Quando eu vi os stories dessa mulher, falando de um jeito das empregadas cobrarem 25 dólares lá nos Estados Unidos, eu lembrei da minha mãe, como ela chegava em casa extremamente cansada e mal porque passava por humilhação", disse Camilla.

Ela também acrescenta que muitas dessas profissionais recebem salários baixos, sofrem com dores na coluna e sequer podem abrir a geladeira das casas em que trabalham. A ex-BBB ainda faz um apelo para quem quer contratar ou já contrata uma empregada doméstica:

“Você que tem doméstica em casa, valorize. Se você não tem condições de pagar uma doméstica, uma secretária do lar pra cuidar da sua casa, não tenha. Faça você a limpeza da sua casa. Mas se você quer ter, pague o valor que essas pessoas merecem, porque elas fazem parte da sua casa e devem ser tratadas como pessoas da sua família”, disse.

A mais nova contratada da Globotambém diz no vídeo que uma de suas maiores conquistas é ter “aposentado” sua mãe. "Minha mãe não vai voltar a trabalhar mais, porque ela [...] chegava em casa 1h da manhã, vinha andando porque o ponto de ônibus não deixava na porta de casa. [...] Dias de luta, dias de glória", conta.

Por fim, Camilla de Lucas manda um recado para as empregadas domésticas: "Se você é doméstica, busque seus direitos, não aceite trabalhar sem carteira assinada. [...] Beijo pra vocês, espero que o trabalho de vocês seja, sim, valorizado. E não sejam tratadas de forma escravizada".

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: