Academia esnoba super-heróis e Oscar deixa de fora os principais líderes de bilheteria

Filmes que arrecadaram cifras milionárias nos cinemas receberam pouquíssimas indicações

por Pedro Galvão 24/01/2018 09:20
Disney/Divulgação
Maior bilheteria nos EUA, 'Star wars: Os últimos jedi' concorre em quatro categorias, todas elas técnicas. (foto: Disney/Divulgação)

Bolsos cheios não foram sinônimo de indicações. Seguindo a tendência das duas últimas edições, a lista de indicados às principais categorias do Oscar deixou de fora os principais líderes de bilheteria no Brasil e no exterior. Preferidos do público, super-heróis e seus superpoderes foram esnobados pela Academia de Hollywood. No Brasil, cinco dos 10 longas de maior arrecadação em 2017 eram sobre eles: Liga da Justiça (2º), Mulher Maravilha (5º), Homem-aranha: De volta ao lar (6º), Thor: Ragnarok (7º). Nenhum deles teve indicações, nem mesmo nas categorias técnicas, dedicadas a efeitos sonoros e visuais, nas quais as superproduções costumam se destacar. Apenas Logan (8º) se salvou, com sua indicação a melhor roteiro adaptado.


Entre as animações, que costumam figurar no topo da listagem de blockbusters por atrair tanto adultos quanto crianças, nenhum dos cinco indicados aparece na lista de principais receitas do ano que passou. Meu malvado favorito 3 ficou na quarta posição no Brasil e no mundo. Moana: Um mar de aventuras foi a décima maior bilheteria brasileira em 2017, mas sua indicação foi na edição anterior da premiação. Velozes e furiosos 8, maior arrecadação brasileira e terceira maior mundial, também não teve prestígio entre os jurados de Hollywood.

 

 

Um dos principais fenômenos de público do ano, o remake de A Bela e a Fera, estrelando Emma Watson, terceira maior arrecadação anual no Brasil e segunda no mundo, conseguiu ser lembrado, pelo menos nas categorias técnicas, com duas indicações: melhor figurino e melhor direção de arte. Curiosamente, elas foram assinadas por Jacqueline Durran e Katie Spencer, respectivamente, que também estão concorrendo pelo drama O destino de uma nação.


Já a maior bilheteria do mundo em 2017, mesmo com duas semanas apenas em cartaz, Star wars: Os últimos jedi teve quatro indicações, todas técnicas: efeitos visuais, trilha sonora, mixagem de som e edição de som. Uma a menos que O despertar da Força (2015), seu antecessor na saga, que não levou nenhuma estatueta. Dos sete filmes da franquia lançados anteriormente, o primeiro deles, de 1977, foi o maior destaque, com 10 indicações no total: incluindo melhor filme, direção, ator coadjuvante (Alec Guinness) e roteiro original, além dos prêmios técnicos, vencendo seis delas. O lançamento do último mês de dezembro se iguala a O retorno de jedi (1983) com suas quatro nominações, à frente dos outros quatro episódios.


Lançado em julho, o segundo filme com mais indicações neste ano, Dunkirk, não figurou entre as 20 maiores arrecadações brasileiras em 2017, nem entre as 10 mundiais. Corra!, que chegou às salas ainda no primeiro semestre, também não apareceu entre as receitas mais volumosas, mesmo com a boa repercussão da crítica, compatível com as quatro indicações, todas entre as principais categorias: melhor filme, diretor, ator e roteiro original. Os outros destaques da lista de indicados ainda não entraram em cartaz por aqui. É o caso de A forma da água, Três anúncios para um crime, Trama fantasma, Lady Bird, enquanto O destino de uma nação estreou há menos de duas semanas. Mesmo assim, nos Estados Unidos, onde alguns deles já estão nos cinemas, os números também não têm impressionado.

 

 

Maiores bilheterias mundiais em 2017 e arrecadação


1. Star wars: Os últimos jedi » US$ 1 264 949 584

 

2. A Bela e a Fera » US$ 1 263 521 126

 

3. Velozes e furiosos 8 » US$ 1 235 761 498

 

4. Meu malvado favorito 3 » US$ 1 033 508 147

 

5. Homem-Aranha: De volta ao lar » US$ 880 103 742

 

6. Wolf warriors 2 » US$ 870 325 439

 

7. Guardiões da galáxia 2 » US$ 863 563 831

 

8. Thor: Ragnarök » US$ 846 741 710

 

9. Mulher-Maravilha » US$ 821 763 408

 

10. Piratas do Caribe: A vingança de Salazar » US$ 794 775 567



Maiores bilheterias do Brasil em 2017 e arrecadação em R$


1. Velozes e furiosos 8 » R$ 133.413.000

 

2. Liga da Justiça » R$ 131.146.000

 

3. A Bela e a Fera » R$ 130.097.000

 

4. Meu malvado favorito 3 » R$ 125.949.000

 

5. Mulher-Maravilha » R$ 109.689.000

 

6. Homem-Aranha: De volta ao lar » R$ 102.675.000

 

7. Thor: Ragnarok » R$ 99.921.000

 

8. Logan » R$ 91.214.000

 

9. A cabana » R$ 74.708.000


10. Moana: Um mar de aventuras » R$ 71.769.000

*Números consideram filmes lançados a partir de janeiro de 2017. Os dados são dos portais Box Mojo Office e Filme B

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CINEMA