Pacientes ficam cegos após cirurgia de catarata em São Paulo

Maioria dos pacientes tem mais de 60 anos. Eles foram operados em mutirão promovido pelo Hospital Municipal de Barueri

por Agência Estado 30/09/2014 10:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Doze pessoas afirmam terem ficado cegas de um olho após passarem por cirurgia de correção de catarata em um mutirão promovido pelo Hospital Municipal de Barueri, na Grande São Paulo, no dia 6 de agosto. A denúncia foi feita pelo programa Fantástico, da Rede Globo.

No total, 18 pacientes relataram que sentiram muita dor após o procedimento. Um médico também detectou que 20 dos 23 operados apresentaram ferimento na córnea. A maioria tem mais de 60 anos.

A Secretaria de Saúde do município afirmou nesta segunda-feira (29) que investiga as circunstâncias da operação para detectar onde está o erro. A pasta afirma "ter total interesse na elucidação dos fatos" e lembra que "é importante que fique claro que são muitas as variáveis que podem ter levado ao lamentável problema". Para a secretaria, "por essa razão, é fundamental investigar todas as variáveis existentes, que vão desde problemas relacionados ao anestésico até o próprio material cirúrgico (como o pó encontrado nas luvas cirúrgicas)".

A prefeitura de Barueri diz ter acionado também a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Conselho Regional de Medicina e a Vigilância Sanitária da cidade para ajudar na identificação do problema.

Os pacientes continuam sendo avaliados e, caso venham a apresentar maior comprometimento da visão do olho operado, serão encaminhados ao transplante de córnea, afirma a secretaria. Na cirurgia de catarata, apenas um olho é operado por vez.

A pasta diz ainda "lamentar profundamente" o ocorrido e assegura que "não descansará enquanto não identificar as causas do problema".

Operação simples
A cirurgia de catarata é uma operação considerada simples na qual se remove o cristalino embaçado do olho e o substitui por uma lente artificial. O procedimento dura de 15 a 30 minutos. Os pacientes sentem normalmente pouca a nenhuma dor e, muitas vezes podem retomar suas atividades no dia seguinte. A catarata é a causa principal de perda de visão a partir dos 55 anos. Aos 65 anos, cerca de metade da população terá catarata.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SAÚDE PLENA