Adolescente ganha rosto cultivado no próprio tórax

A garota foi severamente desfigurada aos 5 anos durante um incêndio

por Correio Braziliense 28/10/2013 10:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
China Daily/Reuters
Médicos explicam como o novo rosto foi desenvolvido no peito da jovem (foto: China Daily/Reuters)
Uma jovem de 17 anos da província de Fujian, na China, recebeu o transplante de um rosto que foi cultivado em seu próprio peito. Xu Jianmei foi severamente desfigurada em um incêndio que ocorreu quando ela tinha 5 anos. Na ocasião, a chinesa perdeu bochechas, pálpebras e boa parte da orelha direita. Xu não recebeu tratamento a tempo, pois a família não tinha como pagar as despesas médicas. Assim, passou o restante da infância e toda a adolescência com as deformidades.

No ano passado, a chance de ganhar um novo rosto apareceu, depois que médicos do Hospital Universitário de Fujian propuseram cultivar a face no tórax da menina, usando um enxerto retirado da perna. “Primeiro, pegamos vasos sanguíneos da coxa e implantamos no peito dela. Então, inserimos um expansor de pele embaixo do local onde os vasos foram implantados, de forma que essa região pode crescer e produzir tecido suficiente para a constituição da face”, explicou Jiang Chenghong, o cirurgião responsável. Depois de ter certeza de que o tecido seria irrigado constantemente pelo sangue e, assim, mantido vivo, os médicos puderam transplantá-lo para o rosto de Xu.

O último estágio da cirurgia foi completado na última segunda-feira. A operação, de acordo com os médicos, durou oito horas e foi um sucesso. Jiang Chenghong acredita que os ferimentos decorrentes do procedimento vão sarar ao longo das próximas semanas. “Com o rosto novo, ela poderá se expressar de maneira mais precisa. Ela poderá, inclusive, ficar naturalmente corada quando se emocionar”, disse o médico, ressaltando, contudo, que isso levará tempo.

Na China, menos de 10 transplantes do tipo já foram realizados. Em setembro, um homem da mesma província recebeu, também no Hospital Universitário de Fujian, um novo nariz cultivado em sua testa, usando tecido retirado do quadril. O paciente, de 22 anos, aguardou nove meses pela cirurgia, tempo necessário para que o nariz se desenvolvesse a ponto de ser passado para o lugar certo. O primeiro transplante facial chinês foi realizado em 2006, em um agricultor que havia sido atacado por um urso. O procedimento ocorreu menos de um ano depois da primeira cirurgia mundial do tipo, a da francesa Isabelle Dinoir.

VÍDEOS RECOMENDADOS