Oficinas do festival de gastronomia caem no gosto do público

No próximo fim de semana, a maratona continua com expectativa de 40 mil turistas

por Laura Valente 24/08/2015 08:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Edson Teixeira/Divulgação
Aulas sobre produtos como azeite atraíram turistas na cidade histórica (foto: Edson Teixeira/Divulgação)
A 18 edição do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes ofereceu três dias de intensa programação gastronômica e cultural. De sexta-feira até ontem, as praças repletas de restaurantes itinerantes, shows musicais e circenses e serviços variados em torno da boa mesa atraíram público de Minas e de outros estados brasileiros. Quatro restaurantes da cidade sediaram os famosos festins, com a participação de chefs de outros estados e também franceses. Durante todo o dia houve agenda de aulas, cursos e oficinas promovidas pelo Senac. No próximo fim de semana, a maratona continua. Até o dia 31, a expectativa da organização é receber 40 mil turistas.

Diferencial da programação é também oferecer conhecimento ao visitante. Ontem, por exemplo, o espaço montado no Largo das forras, a mais tradicional praça do Centro Histórico da cidade, contou com as oficinas várias oficinas. Em uma delas, sobre queijos artesanais brasileiros, Marcelo de Podestá defendeu os queijos de leite cru. “São ofícios e saberes antigos que devem ser preservados e valorizados”, disse. Ele lembrou ainda a importância do movimento realizado por produtores do queijo Canastra.


*A repórter viajou a convite da organização do evento

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA