Festival Botecar homenageia cidades mineiras em busca de tradição

Segunda edição do evento traz o encontro das raízes gastronômicas de Minas, com o melhor que a amizade, o bom papo e o boteco têm para receber o outro

por Rodrigo Melo 08/04/2015 22:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Túlio Santos/EM/D A Press
Pessoas de diferentes regiões do Brasil aproveitam o festival para celebrar a amizade (foto: Túlio Santos/EM/D A Press)
Foi dada a largada para todos aqueles que, como bons mineiros, não dispensam algumas das principais características do estado. A tradição da gastronomia, a amizade e a boa e velha conversa de boteco em BH são celebradas desde esta quarta-feira, nos 55 bares participantes da edição deste ano do Festival Botecar, que homenageia 45 cidades.

E é aliando-se a essa tradição que o festival busca resgatar as raízes dos botecos, com referências à história de várias cidades mineiras para oferecer ao público tira-gostos criados especialmente para a temporada. Em várias regiões da capital, até 9 de maio, os botequeiros de plantão poderão lembrar de casa, da família, de um amigo, de uma ocasião especial ou apenas da própria arte de botecar.

É o caso do economista Luiz Roberto Vasconcellos, de 54 anos, e do engenheiro Fausto Barros, de 47. Amigos há 25 anos, os cariocas aproveitaram o festival tomando um chope e degustando o “Lombo Catiguá”, do Bar do Antônio (Pé de Cana), no Sion, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, para relembrar os dias de amizade em bares do Rio de Janeiro. “Disse que ia levá-lo a um bar muito parecido com um que frequentávamos no Rio. Chegando aqui, vi que os bolinhos do prato lembravam os que a cozinheira de lá costumava fazer”, disse Luiz Roberto, referindo-se ao tira-gosto com rolinhos de lombo recheados com queijo canastra e bolinhos de milho verde com queijo minas, que homenageia Patrocínio.

Em uma das mesas vizinhas, a turma de seis amigos retratava o espírito do festival: três mineiros recebiam um baiano, um maranhense e um potiguar. Após saborearem o petisco, cada um celebrava a amizade entre gargalhadas e copos de cerveja.

A expectativa dos organizadores do evento é de que o festival tenha um aumento de público de cerca de 25% nesta edição. Em 2014, mais de 400 mil pessoas passaram pelos bares participantes. Os clientes podem avaliar o bar segundo a consistência do prato, atendimento e serviço de bebidas, além de ajudar a eleger o melhor garçom do festival, pela página do evento na internet.

Vencedor da primeira edição do festival, Olívio Cardoso Filho, do Bar Estabelecimento, na Serra, também na Região Centro-Sul, está confiante na busca do bi-campeonato. “A recepção dos primeiros clientes foi boa”, conta. O chef revela que a inspiração para o prato veio da cidade homenageada, Campos Altos. “Minha família é toda de lá. Procurei usar ingredientes que são comuns na região, mas atraentes em qualquer lugar”, completa. O estabelecimento compete com o “Pique-Esconde”, um escondidinho de frango, queimado no angu de milho verde e manjericão.

O casal Pablo e Erilaine Cautiero, ambos de 33, foi o primeiro a provar o petisco. “Já somos clientes. Quando o garçom nos ofereceu, não tivemos dúvidas”, conta o empresário. “O tempero e a apresentação estavam excelentes. Nos próximos dias, vamos a outros bares”, completa a advogada. Outro cliente de longa, o representante João Carvalho, de 50, comenta a oportunidade que o evento proporciona para os botequeiros. “Neste ano a programação está maior e mais bem preparada. Ir a outros bares também serve para conhecer outros lugares, de diferentes regiões”, comentou.


CARONA

Para a edição deste ano, o festival criou o “Carona Botecar”, em que nove ônibus fazem o circuito gratuito pelos botecos. O transporte passa pelos bares oferecendo carona aos interessados que estiverem com o mini-guia do evento em mãos e quiserem visitar outros locais participantes. Os ônibus vão transitar todos os sábados, das 15h às 23h, em rotas por região ou conjunto de bairros dos concorrentes.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA