Praça Marília de Dirceu abriga a quarta edição da Festa Portuguesa

Encontro que traz Portugal para BH terá culinária e danças típicas neste sábado

por Ailton Magioli 06/06/2014 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Clarissa Lanari/Divulgação
A dança folclórica portuguesa está entre as atrações da festa promovida das 10h às 20h (foto: Clarissa Lanari/Divulgação)
“É uma casa portuguesa, com certeza!”, cantaria a fadista Amália Rodrigues (1920-1999) ao chegar à Praça Marília de Dirceu, Centro-Sul de Belo Horizonte, onde ocorre amanhã, das 10h às 20h, a quarta edição da Festa Portuguesa da capital mineira.


 Afinal, além de pão e vinho sobre a mesa, como prevê o sucesso da cantora, no local o público vai encontrar desde os indefectíveis bacalhau e doce portugueses até a música tradicional e contemporânea, sem falar na dança folclórica, na literatura e outras atrações gastro-culturais daquele país.

Não por acaso, Gonçalo Pimentel, um dos diretores da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil (CPCB), em Minas Gerais, que promove o evento, anualmente, espera cerca de 8 mil pessoas na festa, número que tem crescido a cada nova edição.

 “A colônia portuguesa do estado é grande, principalmente se pensarmos nos descendentes e na turma que já veio para cá”, constata o empresário português, admitindo tratar-se de uma das maiores comunidades do gênero, recentemente acrescida pela faixa de pessoas mais jovens que, segundo admite, têm trocado Portugal pelo Brasil.

“Há um fôlego recente que, certamente, tem a ver com a crise que afeta o Velho Continente”, explica Gonçalo ao garantir que os patrícios têm encontrado aqui oportunidade de emprego e de expansão dos negócios. “O Brasil tem-se mostrado boa opção para nós portugueses”, comemora o empresário, convocando brasileiros e portugueses para oportuna confraternização.

Além de dois palcos estrategicamente montados na Praça João Luiz Alves, popularmente conhecida por Praça Marília de Dirceu, a 4ª Festa Portuguesa de Belo Horizonte vai contar com seis barracas-restaurantes. Armazém Medeiros, Doces de Portugal e Taberna Baltazar estarão presentes no evento, além de outras barracas privadas.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

» Manhã

Sarau cultural, próximo ao busto de Camões
O pano de fundo é o Dia de Portugal/Dia de Camões, comemorado a 10 de junho.
Presença do escritor Jose Luis Peixoto, representante da nova geração de autores portugueses, detentor do Prêmio José Saramago pelo romance Nenhum olhar, de 2001.

» Tarde

Concerto do Coro do Centro Cultural Português de Belo Horizonte
Show do cantor e pianista Mario Moita, que realiza leitura do fado tradicional em seu instrumento.
Show da banda portuguesa de pop-rock Virgem Suta, formada pelos músicos Nuno Figueiredo e Jorge Benvinda
Para contrastar as duas culturas, o grupo mineiro de samba Zé da Guiomar também faz show no local
Apresentação de dança folclórica com o grupo do Centro da Comunidade Lusobrasileira de Belo Horizonte.

Saiba mais
COZINHA LUSA

Das barraquinhas de doces especializadas nos famosos Pastéis de Belém e outros doces até as comidas mais tradicionais, tais como bacalhoada, pataniscas (pedaços de bacalhau desfiado fritos em polme de faria de trigo, temperado com sal e, muitas vezes, com pimenta e salsa), bolinhos e saladas frias de bacalhau, o público que for à Feira Portuguesa de BH vai desfrutar do que há de melhor na cozinha lusa. “Tudo devidamente regado ao bom vinho de diversas regiões de Portugal e, este ano, à cerveja Super Bock”, anuncia o empresário Gonçalo Pimentel, salientando ainda a presença de pratos como o bacalhau com natas ao lombo de porco e ao vinho.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA