Capricho e beleza para servir o belo

Aprenda a fazer uma roda gigante com badejo e sucre pétillant risotorta e molho de mexerica

24/11/2013 12:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Dilu Bartolomeu Vilela / Divulgação
Roda Gigante com badejo e sucre Pétillant risotorta e molho d emexirica (foto: Dilu Bartolomeu Vilela / Divulgação)


"Naturalmente, as palavras e as atitudes do homem devem ser belas, pois da expansão do belo individual nasce o belo social." Essa frase do filósofo budista Mokiti Okada, consagra a atual gastronomia praticada na cozinha doméstica. Tenho observado em todas as mesas onde participo como convidada, o quanto os anfitriões se esmeram para servir o belo. Os preparos têm recebido cuidado, carinho e capricho em tão alto grau, que vejo e sinto muito desvelo, ternura... chega a parecer cafuné.

Cuidado, carinho, capricho, esmero, desvelo, ternura... Essas palavras são sinônimas, porém, nesse momento, desejo agrupá-las para que expressem mais. É com significado de uma expressão maior que vejo ultimamente como as pessoas são amorosas com o pensar, o abordar, o manusear a comida. Tudo isso para melhor acolher à mesa aquele a quem se quer surpreender.

Para tal, o alimento "tá com tudo e não tá prosa", sim... Ele tem o poder, tem a força e tem tido tratamento cinco estrelas. Quando na mesa, é facilmente perceptível o que vem por trás de um preparo benfeito, respeitosamente disposto num belo prato. Vê-se grande dose de dedicação – e amor se coloca ali.

Ok! Hora de trocar o blá-blá- blá pelo que me trouxe aqui. Falei do belo... dessa moda de se falar tanto em comida, ingredientes, preparos, etc. para finalmente dizer que para completar, todos procuramos ingredientes por onde viajamos. Retornamos contando (ou cantando?) alegremente sobre cada um deles e hoje vou dar uma receita que exprime tudo isso. Quando a criei para o meu blog www.dilucious.com.br, meu "belo" pensamento girava em torno de brinquedos, roda-gigante, fogos de artifício! Afinal, quem ama cozinhar vê sua cozinha como um parque de diversões. Esse prato vem trazer o belo em pura explosão, no visual e na boca!

Para atender o belo, nada melhor que a roda gigante em forma de biscoito. E as explosões? SUCRE PÉTILLANT! Verdadeiro espetáculo de sabor explorado pela gastronomia molecular, é um composto de açúcares e de CO2 (dióxido de carbono), o mesmo gás incorporado em refrigerantes, cuja fórmula faz conservar as bolhas em seu interior. Os cristais de açúcar derretem ao entrar em contato com água e saliva, fazendo escapar o gás e provocando estalos divertidos que fornecem a sensação de explosões de fogos de artifício na boca! Acredite se quiser, pois só mesmo o atual momento com essa onda de ousadia na cozinha para oferecer tamanha magia! É um ingrediente para ser polvilhado em sorvetes, bolos, waffles, panquecas, salada de frutas... enfim, mil possibilidades de uso, depende só de criatividade e desejo de impressionar. Apropriado lembrar que é um produto adocicado e quando usado em preparo salgado, este deve ser agridoce. É uma experiência gourmet realmente original!

Esse ilustre açúcar explosivo é o elemento que faltava na cozinha criativa. Responsável por uma sensação deliciosa no paladar e na mesa provoca surpresa, pois à medida que se mastiga a curiosidade é aguçada, o som é divertido e o efeito, mágico. Talvez você não tenha facilidade para adquiri-lo, mas se sua amiga viajar, negocie com ela. Peça para que traga o Sucre Pétillant, e aí... o belo estará montado! Ela entra com o ingrediente e você com o parque de diversões. E as duas juntas cantarão alegremente o canto dos que sabem que da expansão do belo individual nasce o belo social.

Roda gigante com badejo e Sucre Pétillant Risotorta e molho de mexerica

RODA-GIGANTE
Massa de pastel em rolo, manteiga, açúcar e uma pitada de curry

Corte tiras da massa o suficiente para encobrir o aro. Passe manteiga em volta dos aros e cubra com as tiras. Passe manteiga e pulverize a mistura de açúcar. Leve ao forno por mais ou menos 20 minutos. Depois de frias, retire cuidadosamente as rodas. Reserve.

RISOTORTA

2 ovos, 400g de risoto pronto, 100g de parmesão ralado, tempero a gosto, açúcar Pétillant

 

Mexa bem os ovos e misture o parmesão, os temperos  o risoto. Untar oito pequenas formas e coloque  massa de risoto. Leve ao forno por 25 min.

MOLHO DE MEXERICA

50g de cebola batidinha, 30g de manteiga, 20g de açúcar, pimenta-do-reino a gosto, 30g de farinha de trigo, 50ml de vinho branco seco, suco de 8 mexericas, gengibre a gosto, pimenta dedo-de-moça picadinha sem semente a gosto, coentro a gosto.

Amacie a cebola na manteiga e no açúcar. Coloque a pimenta-do-reino e a farinha de trigo, sem parar de mexer por 3 minutos. Coloque o vinho branco e deixe evaporar. Coloque o suco e mexa com o fouet para que não forme grumos. Deixe ferver por 5 minutos e misture gengibre, pimenta dedo-de-moça e coentro.

BADEJO

8 postas de badejo, Sal e pimenta-do-reino a gosto , 50ml de vinho branco, alho fresco triturado, azeite de oliva, raspas de limão, Sucre Pétillant.

Tempere as postas com o sal, pimenta-do-reino, vinho, alho e azeite. Em uma frigideira, dê uma leve salteada de cada lado do peixe. Retire do fogo e raspe a casca de limão. Sirva imediatamente com açúcar Pétillant .

MONTAGEM

Coloque o molho, risoto, a roda e a posta de badejo. Enfeite com flor de dedo de moça conforme a foto.

DILUdica: O Sucre Pétillant deve ser colocado na hora de servir, pois derrete em contato com água e saliva, o que não ocorre com óleo ou gordura. Vantagem para o foie gras e o chocolate, por exemplo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA