Só dá loura!

Empório Serafina chega a Lourdes apostando tudo na variedade de cervejas e chopes

por Eduardo Tristão Girão 13/07/2012 09:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Cervejaria oferece 15 chopes diferentes (foto: Divulgação)
Em vez de entrar na briga pela maior carta de cervejas de Belo Horizonte, o recém-inaugurado Empório Serafina fez aposta interessante, com foco nos chopes especiais. O balcão, sobre o qual estão vistosos presuntos e queijos, exibe nada menos de 16 bicos, dos quais saem 15 chopes diferentes. A maioria é da cervejaria mineira Wäls, proprietária da casa, mas ela não deixou de trazer barris da concorrência – inclusive de outros estados.

A cervejaria ocupa o imóvel onde funcionou a filial da Devassa, em Lourdes. O piso foi trocado (para cerâmica amarela), o balcão azulejado e as paredes ganharam pôsteres com tema cervejeiro. Nos fundos, armários de ferro guardam as garrafas nacionais (todas da Wäls) e importadas. Incluindo salão interno e calçada, são 120 lugares.

“Tínhamos projeto de abrir um misto de bar, empório e loja em São Paulo. Chegamos a olhar imóvel lá, mas no meio do caminho surgiu essa oportunidade em Lourdes”, conta Tiago Pedras Carneiro, que comanda a casa com o irmão, José Felipe. É possível levar para casa as cervejas da carta com 20% de desconto – em breve, também estarão à disposição do freguês os frios e queijos com os quais a cervejaria trabalha.

À exceção da Wäls Brut, toda a linha da marca mineira é vendida nas chopeiras. Os preços vão de R$ 5,50 (a american premium lager X Wäls; 300ml) a R$ 14 (a russian imperial stout Petroleum, feita com cacau belga em pó; 360ml), totalizando sete tipos. Além deles, há os chopes “convidados”, cuja presença na casa varia em função da disponibilidade, pois a maioria é de produtores de pequeno porte. Atualmente há a schwrzbier Ouro Preto (R$ 8,50), da mineira Falke Bier, e a double IPA Vixnu (R$ 14), da paulista Colorado, por exemplo.

Em garrafa, a oferta chega a 38 rótulos, contemplando as cervejarias Damm (Espanha), Brooklyn (Estados Unidos), Affligem (Bélgica), Harviestoun (Escócia), Meantime (Inglaterra) e Mort Subite (Bélgica). Entre elas, destacam-se a Damm Daura (própria para celíacos; R$ 17/330ml), a Brooklyn Sorachi Ace (elaborada com lúpulo único, desenvolvido no Japão; R$ 55/ 750ml) e a linha Ola Dubh Special, da Harviestoun, com cervejas envelhecidas por até 40 anos em barris previamente usados para uísque (entre R$ 42 e R$ 80, cada garrafa de 330ml).

SALITRE O cardápio tem como especialidade petiscos. Chamam a atenção as seções de frios e queijos, com produtos da Salumeria Chiari (culatello, speck, salame, capocollo e presunto cru; em torno de R$ 17/50g), de Belo Horizonte, e o queijo da Serra do Salitre feito com leite cru (meia cura ou resinado, que é mais curado, por R$ 10/100g). Há também presunto cru espanhol (a partir de R$ 9,90/50g) e outros queijos, entre nacionais e importados – o grana padano italiano sai por R$ 26,90 (100g).

Os petiscos foram elaborados pelo consultor Daniel Ballesteros (proprietário da Devassa), autor de receitas como as do pastel de rabada (R$ 21,90/10 unidades) e do músculo imperial, cozido por 12 horas com especiarias e cerveja Wäls Petroleum (R$ 26,90). Há, ainda, alguns sanduíches, pratos e sobremesas. Aos finais de semana, serve carnes assadas inteiras na “televisão de cachorro”, como costelinha (R$ 29,90), joelho de porco (R$ 35,90), galeto (R$ 25,90) e codorna (R$ 12,90).
 
EMPÓRIO SERAFINA
Rua Marília de Dirceu, 192, Lourdes, 
(31) 2127-1080. Aberto de segunda a quinta, das 18h à 0h; sexta, das 18h às 2h; sábado, das 12h à 1h; domingo, das 12h à 0h. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA