O poder das simpatias

Maçã, especiarias, romãs, uvas, pular ondas, cores especiais: os rituais de Ano Novo são variados e há quem garanta que eles dão resultado

por Daniela Galvão 30/12/2011 09:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Beto Magalhães/EM/D.A Press
Marlene Pereira recebe as orientações do vidente Alexandre Cigano (foto: Beto Magalhães/EM/D.A Press )
 
Para entrar em um novo ano com o pé direito e atrair energias positivas, muita gente não abre mão de fazer uma ou até mais simpatias. Esse é o caso da diarista Marlene Pereira Santos, de 40 anos, que mora em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ela revela que antes não acreditava muito nesses rituais. Porém, desde que testou, acha que tudo deu certo e sua vida melhorou. “Por isso, há 10 anos não fico sem minhas simpatias. É preciso ter fé e acreditar que vai dar certo”, aconselha. Ela conta que faz as mesmas simpatias anualmente.

“No dia 31, nunca deixo faltar lentilha na minha casa, para ter mesa farta. Como sete romãs, tiro os caroços e faço um patuá para ter dinheiro. Nos anos em que vou à praia, pulo sete ondas. Outra dica que aprendi, para ter uma vida sentimental em alta, é comer uma maçã vermelha”, diz Marlene. 

O esotérico Daniel Atalla lembra que 2012 será o ano da consciência e bençãos espirituais. Sendo assim, é preciso que, ao fazer as simpatias, as pessoas acreditem naquilo que estão fazendo. “Além disso, todas as simpatias que já foram feitas até hoje devem ser renovadas. Tem gente que tem rituais guardados há muito tempo, por exemplo, levam consigo patuás e têm uma nota de dólar na carteira de simpatias feitas há algum tempo. É preciso fazer novamente a simpatia, renovando-as”, explica.

De acordo com ele, existem duas simpatias principais que trarão equilíbrio para quem as fizer. Em uma delas deve-se pegar uma maçã e fincar nove cravos da Índia. A cada cravo fincado, os desejos devem ser mentalizados um a um. Dessa forma, serão nove desejos ao todo. Depois da virada do ano, no dia 1º, essa maçã deve ser colocada em algum lugar ligado à natureza, como o pé de uma árvore, ou mesmo jogada no mar. 

A outra receita de Daniel Atalla é do banho com pétalas de rosas de três cores diferente. Primeiro ferve-se a água e, após a fervura, o fogo deve ser desligado e as pétalas colocadas na água. “É muito importante que as pétalas não sejam colocadas com o fogo aceso. O passo seguinte é jogar a água com as pétalas da cabeça para baixo, o que trará harmonia e prosperidade”. O esotérico ensina ainda que, como o arcanjo Gabriel, que é o príncipe dos anjos, será o regente de 2012, os anjos estarão em evidência. Então, quem quiser buscar contato com seu anjo, deve fazer orações a ele. Conforme Atalla, o Salmo 91 é uma boa opção.

Já as cores mais positivas para o ano que se aproxima, segundo o esotérico, são o branco, prata e vermelho. O branco garantirá equilíbrio espiritual, enquanto o prata, além do equilíbrio, trará proteção. O vermelho é equilíbrio e paixão. “Essas cores podem estar nas roupas ou mesmo em acessórios. Por sua vez, o metal do ano que vem é a prata e, usá-la, atrairá proteção”.
 
Confira abaixo rituais para o Ano Novo:  
 
• Para atrair ou manter um amor - quem é casado e quer manter o relacionamento deve acender duas velas amarelas, pedindo a Oxum (deusa do amor, da fertilidade, da pureza e do ouro) estabilidade no relacionamento. Já os solteiros devem acender uma vela e pedir para que apareça alguém especial em sua vida. Depois de acesa, derrame mel em volta da vela, coloque quatro búzios, quatro moedas do mesmo valor e oito ou dezesseis rosas amarelas. Para dar certo é preciso ficar na praia até a vela terminar de queimar. 

• Para o amor voltar - escolha oito pedaços de fitas coloridas com a extensão de um metro. Vale lembrar que as cores têm que ser diferentes e as pretas e vermelhas não podem ser usadas. Olhe na direção do mar e coloque quatro fitas em cada ombro. Com os pés na água, tire as pétalas de três rosas amarelas. Jogue as pétalas por cima da sua cabeça e deixe que elas caiam no mar. Solte então uma fita de cada vez na água e peça que Oxum traga de volta quem você ama. 

• Para ter sorte no amor - pegue cinco ou oito rosas brancas (números de Iemanjá e Oxum), perfume de alfazema, fitas com as cores da harmonia (azul, amarelo, rosa, branco e verde), espelho, talco, sabonete e bijuterias. Forre uma cesta com papel celofane, amarre uma fita no cabo de uma flor e jogue um pouco de talco e de perfume por cima. Depois, coloque o espelho, o sabonete e as bijuterias na cesta e leve para o mar. Conte três ondas e, na quarta , ofereça a cesta a Iemanjá e Oxum. 

• Para afastar maus fluidos - na beira do mar, com a água na altura da canela, derrame pipoca ao longo de seu corpo, da cabeça aos pés. Deixe que o mar leve a pipoca, que é um elemento do orixá Omulu, senhor da vida, da cura e da saúde. 

• Para ter paz, tranquilidade e prosperidade - misture pétalas de rosa branca, arroz cru e uma essência. Passe a mistura pelo corpo. Olhando para o mar, reze pedindo paz e prosperidade para o ano que se aproxima. Tire os sapatos e entre no mar vestido com uma roupa branca. Dê três mergulhos e dê costas para a areia. 

• Para ter dinheiro o ano inteiro - leve para a praia sete rosas brancas, sete moedas do mesmo valor, perfume de alfazema e um champanhe. Reze para Iemanjá e para os orixás que têm força no mar. Conte sete ondas e jogue as flores no mar. Em seguida, coloque o conteúdo do champanhe e ofereça aos orixás. Lave as moedas com o perfume e coloque-as na mão direita. Mergulhe a mão na água e peça proteção financeira. Deixe o mar levar seis moedas e fique com uma, que deve ser guardada como amuleto durante o ano.  
 
Cores indicadas para 2012: 
 
• Dourado – traz sorte e riqueza. A cor está associada ao ouro, a algo majestoso e grandioso. Geralmente essa cor traz consigo muita sorte. As pessoas que vestem roupas com essa cor têm muito brilho, tanto externo como interno.

• Amarelo – é a cor do sol e está associada à prosperidade, ao verão e à descontração. É uma cor que estimula o otimismo, a criatividade e a inteligência. Alguns dizem que essa cor melhora a concentração e aumenta a habilidade da comunicação. Quem pinta a casa com amarelo geralmente traz para si uma riqueza e, pela linha cigana, atrai muita força.

• Lilás – significa espiritualidade, nobreza e respeito. Ela traz em si positivismo e lidera as demais cores. Quem usa essa cor está em contato com o mundo infinito e com a força maior. Quem pinta a casa ou usa uma roupa com essa cor está em contato com a santa mais velha do candomblé, Nanam Burukê.

• Azul – a cor do céu e do mar está relacionada ao elemento água. Traz segurança, confiança, maturidade e simboliza a lealdade e a fidelidade. Também é uma cor que idealiza os sonhos, os espírito e o pensamento. O azul mais escuro é considerado uma cor romântica e fantasiosa. Já o tom mais claro deve ser usado por quem quer tranquilidade e mais compreensão. Quem pinta sua casa ou usa azul traz uma grande esperança consigo mesmo. Até mesmo dentro do culto africano, essa cor representa a deusa Iemanjá, uma rainha que governa todos os sete mares.
 
Alimentos como arroz e lentilha não podem faltar na ceia de quem quer atrair fartura o ano inteiro 
 
Tradicionalmente muita gente também tenta fazer uma ceia de réveillon que tenha comidas que simbolizem fartura e outros bons fluidos. Daniel Atalla afirma que, entre as preferências da população estão os grãos. E, como o astro do próximo ano, segundo a astrologia, é a Lua, o arroz não pode faltar. “As pessoas podem buscar o arroz sete grãos para a refeição do ano- ovo”. Por sua vez, o vidente Alexandre Cigano ensina que as carnes de porco e de leitão estão ligadas à fartura e prosperidade, pelo fato desses animais andarem para a frente. “Já as aves são renegadas no cardápio festivo por ciscarem para trás”, explica.
 
De acordo com Cigano, não pode faltar na ceia da virada de ano nozes e castanhas, que representam fartura, e nem as frutas, a exemplo de pêra, maçã e pêssego, que trazem sorte. As romãs e uvas, além de significarem sorte, expressam desejos de prosperidade. 
 
“Tem quem coma uva em jejum do dia 1º e alguns comem três, sete ou doze uvas e depois guardam as sementes na carteira. Já a romã é mais comida no dia da Folia de Reis. Outra dica é para colocar lentilha na mesa. Tanto como alimento ou como enfeite, ela garante fartura dentro dos lares”, recomenda.
As folhas de louro entram no cardápio mas não são degustadas, segundo o vidente. À meia-noite as folhas são trocadas entre as pessoas e guardadas na carteira. O ritual é feito para que não falte dinheiro ao longo do ano.  
 
Esotérico Daniel Atalla - www.escolaesoterica.com.br
Vidente Alexandre Cigano - (31) 3482-3597 e (31) 9974-2589 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA