Grupo goiano Arte & Fatos mergulha no teatro do absurdo de Eid Ribeiro

'Lágrimas de guarda-chuva', em cartaz no Sesc Palladium, traz elementos da arte circense e aborda questões como medo, solidão e egoísmo

por Walter Felix 06/04/2018 09:46
Layza Vasconcelos/Divulgação
Arte & Fatos faz temporada em Belo Horizonte. (foto: Layza Vasconcelos/Divulgação)

Comemorando seus 30 anos, o grupo goiano Arte & Fatos encena em BH a peça Lágrimas de guarda-chuva, escrita pelo mineiro Eid Ribeiro. Utilizando elementos da arte circense, o espetáculo promove reflexões sobre o ofício do ator, abordando questões como medo, solidão e egoísmo.

Um surto de cólera dizima a população de uma cidade sertaneja. O mágico Sansão (Bruno Peixoto) surge por lá, à procura de público para vê-lo transformar Angellina (Rita Alves) na mulher-macaco Zambê. Os dois encontram Sebastião (André Larô), Serafim (Caco Rodrigues) e Severino (Norval Berbari), três cegos que lutam para sobreviver.

“Aos poucos, os cegos e o público percebem que Sansão é um malandro que tenta de todas as formas ludibriar as pessoas, pois essa é a forma que ele encontrou para subsistir. A condição humana dele, afinal, é tão carente quanto a dos outros personagens”, comenta o diretor Danilo Alencar.

O embate entre os personagens conduz à trama em que afloram anseios e fraquezas humanas. Tudo é acompanhado por Carmelo (Leopoldo Rodriguez), o único sobrevivente da epidemia, que se apaixona por Angellina. “De tanto ser explorada, ela já não sabe mais se é humana ou animal. Se você se submete à imposição de um determinado comportamento, acaba aceitando ser aquilo que seu opressor quer para você”, afirma Danilo.

plínio Eid Ribeiro ofereceu o texto ao diretor goiano depois de assistir à adaptação, assinada por ele, de Balada de um palhaço, peça de Plínio Marcos. A companhia agregou ao texto elementos circenses, reforçando a ligação do mineiro com o teatro do absurdo.

Eid, que deu total liberdade de criação à trupe, deve assistir à adaptação pela primeira vez durante a temporada da Arte & Fatos no Sesc Palladium, em BH. A estreia goiana de Lágrimas de guarda-chuva ocorreu em 2015.

LÁGRIMAS DE GUARDA-CHUVA
De Eid Ribeiro. Com Grupo Artes & Fatos. Teatro de Bolso do Sesc Palladium. Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3270-8100. Sábado (7/4), às 20h, e domingo (8/4), às 19h. R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO