'Pose' tem drama, dança e volta histórica ao fim dos anos 1980

Produção de Ryan Murphy (Glee, American crime story, American horror story), série estreia nesta sexta (28)

por Mariana Peixoto 28/09/2018 08:30

Em março de 1990, Madonna lançou Vogue. A canção – e a dança, o voguing, com posições e movimentos inspirados nas modelos da época – levou para o mundo uma subcultura nova-iorquina. Clubes gays, os chamados ballrooms, promoviam concursos entre as houses (casas). Cada uma delas contava com grupos de dançarinos LGBT negros e latinos, que viviam como uma família. Uma mãe cuidava de seus filhos – alguns mudaram inclusive seu sobrenome para mostrar a filiação a que pertenciam.

 NETFLIX/DIVULGAÇÃO
'Pose' é a série de TV com o maior elenco LGBT já produzida (foto: NETFLIX/DIVULGAÇÃO)

Pose, que estreia nesta sexta (28), às 22h, no Fox Premium 1 (e no app da Fox), é ambientada nesse cenário – a narrativa antecipa Vogue de Madonna, pois a série tem início em 1987. Produção de Ryan Murphy (Glee, American crime story, American horror story), foi lançada em junho nos EUA. Muito bem cotada, a série, de oito episódios, já garantiu uma segunda temporada.

GÊNERO

E já fez história. É a série de TV com o maior elenco LGBT já produzida. No Brasil, a Fox está fazendo Pose como “a primeira série a se comunicar oficialmente por meio da linguagem inclusiva em português”. Nas legendas, o gênero gramatical é substituído, reforçando a mensagem de diversidade – é para todxs.

 

O piloto, dirigido por Murphy em formato de longa-metragem, apresenta suas cartas. A narrativa deverá se concentrar na disputa de duas “casas”. A House of Abundance, prestigioso coletivo de Nova York comandado pela mãe Elektra Abundance (Dominique Jackson), e a recém-formada House of Evangelista (sim, o nome é baseado na supermodelo Linda Evangelista).

Após receber o diagnóstico de HIV positivo, a mulher trans Blanca Rodriguez (MJ Rodriguez) decide deixar Abundance e formar sua própria casa. Torna-se a mãe de outras pessoas marginalizadas. A prostituta trans Angel (Indya Moore) e o jovem Damon (Ryan Jamaal Swain) são os primeiros a chegar. Gay que sonha em se tornar dançarino, Damon foi expulso de casa pelos pais aos 17 anos e acaba indo parar num banco de praça de Nova York.

O episódio de estreia já prepara o telespectador para algum drama. Estamos nos anos 1980 – a Aids é o chamado “câncer gay”; o preconceito racial e sexual é regra e a injustiça corre solta.

Angel, por exemplo, tem uma noite de amor com Stan Bowes (Evan Peters). Ele é jovem, branco e está pronto para fazer a América. Acabou de conseguir um emprego na equipe de Donald Trump – que há pouco havia inaugurado a Trump Tower, símbolo máximo da ostentação yuppie. Só que Stan é casado com Patty (Kate Mara), tem dois filhos pequenos e não dá a menor mostra de que pode incluir Angel em sua vida quando o dia está claro.

Há ótimos números de dança e “fechação”. No final do episódio, uma longa cena ao som de Whitney Houston (I wanna dance with somebody) é para levantar do sofá e dançar junto.


>> POSE
Série de Ryan Murphy com oito episódios.
Estreia nesta sexta (28), às 22h, na Fox Premium 1. No app da Fox,
todos os episódios estarão
disponíveis a partir de hoje

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV