Stranger Things: testamos a nova atração em Orlando inspirada na série

Com reprodução de cenários e "aparição" de personagens, Stranger Things é a principal atração da temporada 2018 da programação das noites de Halloween nos estúdios Universal

UNIVERSAL STUDIOS/DIVULGAÇÃO
UNIVERSAL STUDIOS/DIVULGAÇÃO (foto: UNIVERSAL STUDIOS/DIVULGAÇÃO )

Orlando – Embora sua primeira temporada tenha sido lançada apenas em 2016, Stranger things já conquistou uma enorme legião de fãs ao redor do mundo. A mistura de elementos da cultura pop dos anos 1980 com protagonistas mirins bastante caricatos e acontecimentos sobrenaturais numa pequena cidade do interior dos EUA passou a ser um dos títulos mais populares no catálogo da Netflix. A fórmula também chamou a atenção dos diretores da Universal responsáveis pelo Halloween Horror Nights. Stranger things é a principal atração da edição 2018 do evento, que inclui clássicos do cinema de terror como Halloween 4: A vingança de Michael Myers (1988), e Poltergeist – O fenômeno (1982).

A ideia é oferecer aos fãs um pouco da adrenalina por que Mike (Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Matarazzo), Lucas (Caleb McLaughlin) e Will (Noah Schnapp) passaram na primeira temporada, quando descobrem a existência de um mundo invertido e do monstro Demogorgon. A caminhada pela montagem no Universal Studios dura menos que 10 minutos e se inicia numa reprodução da cena de abertura, em que algo aterrorizante acontece no laboratório da Hawkins, tirando a vida de alguns cientistas. A primeira visão que temos é justamente a de um corpo humano pendurado dentro de um elevador.

Em seguida, a caminhada leva para a floresta onde Will se perdeu no primeiro episódio e até a reprodução de seu “forte” está fielmente representada. Até lá, é possível ser surpreendido pelo Demogorgon de 2 metros de altura um par de vezes, seja por sua versão em boneco ou por algum ator fantasiado. Os protagonistas também aparecem representados por atores devidamente caracterizados. Além dos garotos, Joyce (Winona Ryder) e Nancy (Natalia Dyer) entram em cena, na pele de atrizes do Halloween Horror Nights.

RÉPLICA Um dos destaques é a réplica da sala da casa de Will, perfeita em todos os detalhes, com as luzes formando um abecedário na parede, usado por Joyce para tentar se comunicar com o filho desaparecido. Patrick Braillard, diretor do evento, explica que até o papel de parede do cômodo foi encomendando no mesmo lugar que a Netflix usou para produzir seu cenário.

O quarto de Will também foi recriado e conta com Should I stay or should I go (The Clash), a música predileta do personagem, como trilha sonora. Antes da parte final, os visitantes mergulham no mundo invertido, sombrio e com estruturas monstruosas pelas paredes. No trajeto, é preciso atravessar um conflito dentro do laboratório, em que o delegado Hooper, interpretado na série por David Harbour, está presente. O ator emprestou sua voz para a montagem. Por fim, atravessa-se a cena do episódio final da primeira temporada, na biblioteca de Hawkins, em que Eleven (na série vivida por Millie Bobby Brown) aparece enfrentando o Demogorgon. Nessa parte, o monstro surge outras vezes para assustar o público.

Embora seja um deleite para os fãs da produção, cuja terceira temporada tem estreia prevista para 2019, Braillard enfatiza que “não se trata de um museu de Stranger things, o que queremos aqui é assustar muito as pessoas”. Ele diz que a Netflix se mostrou muito receptiva e disposta a colaborar desde o primeiro contato, propondo a parceria e a cessão de direitos para que a série entrasse no Halloween Horror Nights de 2018. “Eles nos proporcionaram todo o áudio, a música, todos os elementos de vídeos, referências de figurino e todos os detalhes possíveis da primeira temporada.”

*O repórter viajou a convite da Universal


MESES DE SUSTO
Realizado desde 1990 pela Universal, no parque Universal Studios, em Orlando, o Halloween Horror Nights é conhecido como o principal evento de Dia das Bruxas do mundo. A edição de 2018 será a maior, com 10 casa de terror à disposição do público, cada uma com um tema diferente. Dentro delas, cenários inspirados em filmes ou histórias de terror são montados e atores fantasiados de monstros, assassinos, demônios, fantasmas e todo tipo de criatura assustadora surgem para assustar quem passa, mas sem jamais tocar em ninguém. A abertura foi no dia 14 e o encerramento será em 3 de novembro. Os ingressos custam a partir de US$ 62. Mais informações em www.orlando.halloweenhorrornights.com.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV