Você está satisfeito com seu sono? Não? Saiba o que fazer

Cerca de 35% dos brasileiros sofrem com insônia e, em média, quase a metade das pessoas com mais de 60 anos afirma ter alguma dificuldade para dormir

Reprodução
(foto: Reprodução )
 
A pergunta acima se dirige a você, caro leitor, mas também faz parte de uma série de perguntas que nós, médicos, costumamos fazer para nossos pacientes para avaliar a qualidade do seu sono. Um número grande de pessoas responderá que não, não está satisfeito.

De fato, os problemas de sono são muito comuns. Aproximadamente, 35% dos brasileiros sofrem com insônia e, em média, quase a metade das pessoas com mais de 60 anos afirma ter alguma dificuldade para dormir. Existem atitudes simples que podem melhorar muito a sua satisfação com seu sono e, hoje, vou falar um pouco delas.


Um problema que frequentemente prejudica o sono das pessoas é a necessidade de ir ao banheiro à noite. Essa necessidade pode ser causada por doenças, medicamentos ou hábitos. Um hábito que pode ser facilmente modificado é o horário que costumamos ingerir líquidos.

Todos sabemos que beber água e tomar chá faz bem para a saúde, mas, você não precisa fazer isso depois das 19h. Se você costuma se levantar durante a noite para ir ao banheiro e, se isso atrapalha seu sono, não beba líquidos após esse horário, ou beba apenas o suficiente para tomar seus medicamentos.

Alguns problemas de saúde podem causar a necessidade de ir ao banheiro várias vezes, tanto durante o dia, quanto à noite. A Diabetes, quando não está bem controlada, e as doenças da próstata são alguns exemplos. Nos dois casos, um ajuste nas orientações médicas ou nos medicamentos resolvem o problema. Procure um médico.

Em relação aos medicamentos, os diuréticos também fazem com que precisemos urinar várias vezes. O ideal é que eles não sejam usados após as 16h. Caso seu médico tenha lhe receitado um diurético para ser usado mais tarde, converse com ele, é muito provável que ele possa mudar o horário e melhorar sua noite de sono.

Outra orientação valiosa para todos diz respeito ao ciclo sono-vigília. O ciclo sono-vigília pode ser entendido como nosso relógio biológico. Esse relógio sofre interferência de diversos fatores, sendo um dos mais importantes a mudança da luminosidade. Quando nosso relógio biológico está funcionando superbem, ficamos naturalmente despertos quando o sol nasce e naturalmente sonolentos quando ele se põe. 

O problema é que, hoje em dia, as pessoas se expõem pouco à luminosidade natural e excessivamente à artificial. O resultado disso é uma verdadeira bagunça no relógio biológico. Podemos melhorar isso introduzindo luz natural em nossa vida e controlando a luz artificial durante a noite.

Procure andar um pouco mais durante o dia ao ar livre e evite as TVs, tablets e telefones celulares antes de se deitar. Eles estimulam o seu cérebro exatamente quando ele precisa relaxar.

Por fim, a última orientação é: prepare o seu ambiente para dormir bem. Para isso, procure deitar sempre no mesmo horário (ou em horários próximos), reduza os ruídos e as luzes, evite café, álcool ou outros estimulantes à noite e invista em uma cama confortável.

Dormir bem é essencial para vivermos bem e para envelhecermos de forma saudável.

Te desejo ótimas noites de sono!

Tem alguma dúvida ou gostaria de sugerir um tema? Escreva pra mim julianacicluz@gmail.com 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: