Astronauta no The Masked Singer, Loroza lança música chamada Afronauta

'O mais longe que eu consegui chegar foi dentro de mim mesmo', disse Loroza

Victor Vieira
Serjão Loroza (foto: Victor Vieira)
 

"O primeiro brasileiro preto a ir para o Espaço, na verdade, fui eu", disse Serjão Loroza sobre o conteico de seu novo single, intitulado Afronauta . Ele, que foi o Astronauta no The Masked Singer Brasil , gostou do tema e o utilizou em parceria com Pretinho da Serrinha .

Além de sua  participação no programa da TV Globo , outra coisa completa esse tema espacial. Os compositores da música, Doralyce, Jonathan Ferr, Pedro Amparo e Douglas Bastos, Serjão buscaram inspiração na história da criação do Programa Espacial da Zâmbia, que pretendia levar a primeira mulher negra ao Espaço, em 1960.

 

A música, que foi muito bem recebida pela crítica, trouxe reflexões sobre o espaço, mas sem deixar de lado o universo infinito que existe dentro de cada um. "O Astronauta voou longe, mas depois de sair da Via Láctea, passar por outras galáxias, por buracos negros e até por Alpha Centauri, o mais longe que eu consegui chegar foi dentro de mim mesmo", disse Serjão.

A importância de ter e ser referência

Muito atuante como ator e cantor, Loroza é uma referência a jovens negros que buscam a vida artística, Do início agitado no Monobloco à fama 'global', Serjão construiu uma bonita trajetória, que nem ele mesmo planejava: "Eu falo brincando que eu só desejava subir no palco e cantar 'do ré mi fá' e dizer 'Ser ou não ser, eis a questão', mas acabou vindo junto um montão de outras coisas, uma responsabilidade social e por eu ser quem sou, acaba trazendo representatividade", disse o artista.

Divulgação/TV Globo
Serjão Loroza como o Astronauta em The Masked Singer Brasil (foto: Divulgação/TV Globo)

"Às vezes, pode até dar uma uma noção que.de que eu me julgue capacitado para ser representante de tanta gente importante, como os negros, os gordos, os favelados, os suburbanos, enfim toda essa galera que, de uma certa maneira, está debaixo da carne seca. Não é que eu me sinta capacitado, mas eu percebo na maneira em que as pessoas falam que eu represento algo para elas. É uma responsabilidade muito grande e espero que eu possa acabar me capacitando nisso e ser aquilo o que eu preciso ser", completou Loroza. 

Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE MUSICA