David Tygel também anuncia saída do Boca Livre por divergências políticas

Músico deixa o quarteto vocal quatro dias depois de Zé Renato e Lourenço Baeta; Maurício Maestro mantém o nome Boca Livre

Correio Braziliense 21/01/2021 10:59
Frederico Mendes/Divulgação
(foto: Frederico Mendes/Divulgação)
O músico David Tygel seguiu o exemplo de Zé Renato e Lourenço Baeta e anunciou que não faz parte do quarteto vocal Boca Livre. A saída foi por divergências políticas com Maurício Maestro, o mesmo problema que motivou os outros dois outros integrantes a não participar mais da banda. O nome Boca Livre, no entanto, ainda é de Maestro, detentor da marca. Tygel anunciou a saída em um comunicado pelo Facebook postado na última quarta-feira (20/01).

Apesar de não ter sido falado abertamente no comunicado, é sabido que a divergência política está no fato de Maurício Maestro apoiar o presidente Jair Bolsonaro e os outros três integrantes se identificarem mais com políticas de esquerda. O músico, inclusive, encerrou o texto afirmando: “Sigo em frente, com a minha música, minhas convicções, pela vacina e pela democracia”.

None

Assim como Zé Renato, David era membro fundador da banda, que começou em 1978. Baeta entrou em 1980, após a saída de Cláudio Nucci. Agora os três integrantes têm a possibilidade de fazer um novo grupo, com outro nome.
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: 

MAIS SOBRE MUSICA