Mineira Roberta Campos traz o seu canto suave a BH

Show acontece neste sábado (29) no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube

por Lucas Lanna Resende* 28/09/2018 10:30
A cantora e compositora Roberta Campos volta a Belo Horizonte para apresentar o show Todo caminho é sorte no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. No repertório da mineira estão canções que a tornaram conhecida – De janeiro a janeiro, Abrigo e Minha felicidade –, além de versões dela para sucessos de outros artistas, como Quase sem querer, da Legião Urbana, e Casinha branca, de Gilson e Joran.
Bruno Trindade/divulgação
Roberta Campos voz delicada e sonoridade próxima ao folk (foto: Bruno Trindade/divulgação)

Com voz delicada e sonoridade próxima ao folk, Roberta Campos tem no amor a maior fonte de inspiração. Não é à toa que várias de suas músicas vêm chamando a atenção em trilhas de novelas. Em 2016, Todo caminho é sorte foi indicado ao Grammy Latino na categoria melhor álbum de música popular brasileira, ao lado de discos de Elza Soares, Roberta Sá, Celso Fonseca e Dani Black.

“Cresci ouvindo MPB, Clube da Esquina, Elis, Djavan. Acho que a minha música reflete tudo o que ouço e me influencia”, diz a artista, que já trabalhou com Nando Reis, Marcelo Camelo, Milton Nascimento e Paulinho Moska.
“Gosto muito do Moska. Eu me identifico com a música dele, com o jeito como ele canta, o jeito como ele fala de amor e vê a vida”, diz Roberta, que também gravou releituras de Quem sabe isso quer dizer amor, de Lô e Márcio Borges, e de Leãozinho, de Caetano Veloso.

Ela promete novas canções para o show de sábado, repertório que já vem sendo testado junto ao público há algum tempo. “A recepção tem sido ótima”, adianta Roberta, prometendo para novembro o lançamento de um DVD ao vivo.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria

TODO CAMINHO É SORTE
Show de Roberta Campos. Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia, 2.244, Lourdes, (31) 3516-1360. Sábado (29), às 21h. Inteira: R$ 50 (hoje/antecipado) e R$ 60 (sábado). Meia-entrada na forma da lei.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA