Mostra In-Edit Brasil reúne documentários sobre cantores e compositores

'Fevereiros', de Marcio Debellian, aborda a ligação de Maria Bethânia com o carnaval da Mangueira e o sincretismo religioso

por Ana Clara Brant 14/09/2018 08:00
Edit Brasil/Divulgação
'Fevereiros' aborda a relação de Maria Bethânia com a religiosidade e o carnaval (foto: Edit Brasil/Divulgação)
“Minha vida toda é assim. Tudo o que fizer, tudo o que comprar, o que gostar, o que achar que é bonito, eu separo para fevereiro”, anuncia Maria Bethânia no documentário Fevereiros, do cineasta Marcio Debellian. Abordando a ligação da cantora com o carnaval da Mangueira e o sincretismo religioso em sua terra, Santo Amaro da Purificação (BA), a produção abre a Mostra In-Edit Brasil – 10 anos, esta sexta-feira (14) à noite, no Sesc Palladium.

O evento é um recorte do In-Edit Brasil, festival dedicado ao documentário musical realizado desde 2009, em São Paulo. “Como é a primeira vez que Belo Horizonte nos recebe, a ideia foi escolher títulos que marcaram os 10 anos do evento. São 11 produções. Temos algumas inéditas no circuito comercial, como o próprio Fevereiros, vencedor do prêmio do júri da edição do In-Edit 2018, e outras mais antigas, como o Gretchen filme estrada, de 2010. É um recorte mesmo”, explica Marcelo Aliche, curador e diretor artístico do evento.

A mostra, que já teve edições no Rio de Janeiro, Salvador e Belém, prima pela qualidade e não pela popularidade, garante o curador. “Se aparecer um documentário sobre a Madonna e for ruim, ele não entra. Mas se surgir um do desconhecido zé das couves e for excepcional, ele será selecionado. Esse é o nosso critério”, diz. “Acredito que BH, cidade que gosta muito de música e de cinema, vai acolher a nossa proposta.”

Na sessão de abertura, além da exibição de Fevereiros, haverá bate-papo com Daniel Nogueira, um dos produtores do filme. O diretor Marcio Debellian conta que assim que a Mangueira anunciou Bethânia como enredo, ele se entusiasmou em registrar aquele momento, empolgando-se com o caminho adotado pelo carnavalesco Leandro Vieira. “Ele poderia escolher várias formas de homenageá-la, mas optou pela religiosidade, tanto que o enredo era ‘Maria Bethânia: menina dos olhos de Oyá’, o orixá de frente dela. Sem contar que 2016, quando ocorreu o desfile, era o ano do centenário do samba. Então, tínhamos algumas vias para seguir”, relata.

Debellian lembra que o samba carioca sofreu forte influência do samba de roda do Recôncavo, terra de Bethânia e Caetano Veloso. A própria ala das baianas tem origem ali. “Fevereiros não é making of do carnaval mangueirense, mas mostra a relação entre a folia do Rio e a festa de Nossa Senhora da Purificação, em 2 de fevereiro, em Santo Amaro. Todos os anos, a Bethânia faz questão de participar. Samba e religião são intimamente ligados. O documentário acabou tendo um final feliz, pois a Mangueira se sagrou campeã naquele ano”, lembra.

O cineasta era próximo de Maria Bethânia, pois a cantora participou de dois outros projetos dele: os documentários O vento lá fora, de 2015, e Palavra en (cantada), de 2008. “Estamos vivendo um momento de muita intolerância em todos os campos. Por isso, a festa de Santo Amaro me chamou a atenção. Ela nos dá uma lição: apesar de ser uma celebração católica, pessoas de todas as religiões convivem harmonicamente. Ha respeito, há tolerância. É a contramão do que vive o Brasil, infelizmente”, avalia.

PIANO Outro destaque da mostra é O piano que conversa, de Marcelo Machado. O documentário mostra o pianista paulista Benjamin Taubkin trabalhando em vários lugares do Brasil e do mundo, como Bolívia e Coreia do Sul. “A protagonista acaba sendo a minha música e, consequentemente, o piano, por ser meu instrumento”, observa Taubkin.

“Tenho feito muitos encontros na minha carreira, e o Marcelo acabou focando nisso. Não só em São Paulo, mas na Bolívia e até na Coreia, onde cheguei a me apresentar com brasileiros e coreanos. Essa questão do diálogo, dessas junções, ficou na cabeça dele. Estou muito satisfeito com esse projeto. Acabou sendo o filme mais visto na Mostra In-Edit do ano passado, em São Paulo, além de arrebatar o prêmio do público”, comemora.

Taubkin estará presente à sessão de terça-feira (18). Na quarta-feira (19), às 20h, ele vai ministrar aula-show em parceria com Paulo Santos, integrante do extinto grupo Uakti, e Nelson Soares e Marcos Moreira (do duo experimental O Grivo).

“Por uma feliz coincidência, tenho participado de muitos projetos em BH. Dei uma oficina no Festival de Inverno da UFMG, em julho, estive aí no Música Mundo e agora estou de volta. Será uma honra dividir o palco com o Paulo e o pessoal do Grivo”, comemora Benjamin Taubkin.



MOSTRA IN-EDIT BRASIL: 10 ANOS
Até 23 de setembro. Sesc Palladium. Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3270-8100. Entrada franca, com retirada de ingressos 30 minutos antes de cada sessão


Agenda


» Fevereiros
. Direção: Márcio Debellian
. Nesta sexta-feira (14) e domingo (23), às 19h30
. A relação de Maria Bethânia com o carnaval, a religião e a espiritualidade

» L.A.P.A.
. Direção: Emílio Domingos e Cavi Borges
. Domingo (16) e quinta-feira (20), às 17h30
. Documentário sobre o Bairro da Lapa, espaço decadente que se tornou ponto  referência da música carioca



» Vou rifar meu coração (foto)
. Direção: Ana Rieper
. Quarta-feira (19), às 17h30, e sábado (22), às 15h30
. Filme sobre a música brega, expressão do imaginário popular brasileiro

» Filhos de João – O admirável mundo novo baiano
. Direção: Henrique Dantas
. Domingo (16), às 15h30, e sexta (21), às 17h30
. A trajetória dos Novos Baianos e o encontro do grupo com João Gilberto

» Waiting for B.
. Direção: Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel Brazil
. Quarta-feira (19) e sábado (22), às 19h30
. Filme acompanha fãs acampados em frente ao Morumbi durante dois meses para ver Beyoncé

» Gretchen filme estrada
. Direção: Eliane Brum e Paschoal Samora
. Terça-feira (18) e sábado (22), às 17h30
. Documentário sobre o período em que Gretchen se dividiu entre o picadeiro e a campanha para prefeita da Ilha de Itamaracá (PE)

» Olho nu
. Direção: Joel Pizzini)
. Sábado (15), às 15h30, e sexta-feira (21), às 19h30
. Ney Matogrosso revê sua vida pessoal e sua carreira

» A farra do circo
. Direção: Roberto Berliner e Pedro Bronz
. Domingo (16), às 19h30, e domingo (23), às 17h30
. A história do Circo Voador, espaço emblemático da cultura carioca



» Eu, meu pai, e Os Cariocas (foto)
. Direção: Lúcia Veríssimo
. Sábado (15) e quinta-feira (20), às 19h30
. Homenagem ao maestro Severino Filho, líder do grupo musical Os Cariocas

» O piano que conversa
. Direção: Marcelo Machado
. Terça-feira (18), às 19h30, e domingo (23), às 15h30
. Documentário sobre a relação de Benjamin Taubkin com o piano

» Dê lembranças a todos
. Direção: Irmãos Di Fiori
. Sábado (15), às 17h30, e sexta-feira (21), às 15h30
. Familiares, parceiros, amigos e fãs de Dorival Caymmi relembram a trajetória do compositor

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA