Mônica Salmaso e Sinfônica Sesiminas fazem show no projeto Mano a Mano

Opus homenageia Michael Jackson, e Sinfônica UFMG faz estreia de suíte de Eliseu Barros hoje em Belo Horizonte

por Ana Clara Brant 29/08/2018 08:10
Sesiminas/Divulgação
A Orquestra de Câmara Sesiminas se apresenta com a cantora Mônica Salmaso, que cantará clássicos da MPB (foto: Sesiminas/Divulgação )

Vira e mexe, Mônica Salmaso vem a Belo Horizonte para se apresentar. Mas ela nunca subiu ao palco de um dos espaços culturais mais importantes da cidade, o Teatro Sesiminas. Nesta quarta (29), a cantora estreará naquele espaço, com um projeto também inédito. “Adoro vir a BH. Tenho muita sorte de me convidarem sempre. Além de conhecer o Sesiminas, estarei ao lado da Orquestra Sesiminas, do músico Dudu do Cavaco e do pianista e compositor Rafael Martini para uma apresentação que tem um caráter muito especial. De todos eles, só cantei ao lado do Rafael”, comenta.

O espetáculo idealizado pelo produtor cultural Pedrinho Alves Madeira faz parte do projeto Mano a Mano, que visa arrecadar recursos para manutenção e ampliação das ações do Instituto Mano Down (www.manodown.com.br). “Fiquei muto feliz e honrada com esse convite, porque é um concerto que celebra a inclusão e que serve para mostrar como deve ser o mundo real”, diz Mônica.

O show reúne clássicos da MPB, como Beatriz e Ciranda da bailarina (ambas de Chico Buarque), Odeon (Ernesto Nazareth e Vinicius de Moraes), Aquarela do Brasil (Ary Barroso), Feitiço da Vila (Noel Rosa) e Melodia sentimental (Heitor Villa-Lobos). “Sugeri algumas músicas que já cantei ao lado de orquestras. Apesar de eu ser uma cantora popular, tenho vários trabalhos nesse sentido, de orquestração”, conta ela. Os arranjos são do maestro Nelson Ayres. Já Eliseu Barros responde pelos arranjos das canções interpretadas por Dudu do Cavaco. A Orquestra terá regência do maestro Marco Antônio Maia Drumond.

“O show vai ser divido em blocos, e os artistas vão se revezar no palco. No fim, todos estarão juntos para uma grande confraternização”, diz Mônica, que acaba de levar dois troféus no 29º Prêmio da Música Brasileira: o de melhor álbum de música regional, por Caipira, e o de melhor cantora, na mesma categoria. “Esse trabalho foi uma homenagem a um brasileiro, o caipira. Ter sido premiada é como se fosse um retorno, um grande presente para coroar tudo isso.”

O Instituto Mano Down surgiu a partir do amor de Leonardo Gontijo por seu irmão caçula, Eduardo – mais conhecido como Dudu do Cavaco, que tem síndrome de Down. Depois de publicar dois livros dedicados ao irmão e de juntos darem palestras por vários lugares do Brasil, Leonardo ampliou suas ações no sentido de conferir autonomia a indivíduos com Down e impulsionar seu ingresso no mercado de trabalho por meio do Instituto Mano Down, criado em 2015.

HOMENAGEM Duas outras orquestras mineiras se apresentam hoje. Nos 60 anos de nascimento de Michael Jackson, a Orquestra de Câmara Opus faz homenagem ao Rei do Pop, a partir das 20h, no CCBB (Praça da Liberdade, 450, Funcionários). O concerto vai reunir as principais canções do astro, que morreu em 2009, incluindo composições do tempo da banda The Jackson 5 até a última fase de sua carreira. Não vão faltar Thriller, Bad, Black and white, Rock with you, Will you be there, Beat it, Billie Jean, entre outras. Os ingressos – R$ 30 e R$ 15 (meia) – podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site www.eventim.com.br.

Como parte da série VivaMúsica, a Escola de Música da UFMG recebe concerto da Orquestra Sinfônica da universidade, regida pelo maestro Lincoln Andrade, às 18h10 de hoje. O repertório inclui duas peças de Mozart,  Die Entführung aus dem Serail (Overture) e Sinfonia concertante Mi b Maior, KV 297b, e a estreia mundial da Suíte moderna brasileira em cinco movimentos, para violino, violoncelo, oboé, clarineta e orquestra de cordas, composta pelo violinista Eliseu Barros. Antes, às 17h20, Barros faz palestra sobre “A experiência pessoal para o desenvolvimento da composição”. Ambos os eventos são gratuitos. A Escola de Música da UFMG fica no Câmpus Pampulha (Av. Antônio Carlos, 6.627).

PROJETO MANO A MANO
Mônica Salmaso + Orquestra Sesiminas Dudu do Cavaco Rafael Martini. Hoje, às 20h, no Teatro Sesiminas (R. Padre Marinho, 60, Santa Efigênia.
(31) 3241-7181). Ingressos: Plateia I: R$ 180 e R$ 90 (meia) e R$ 150 e R$ 75 (meia). Plateia II: R$ 80 e R$ 40 (meia) e R$ 50 e R$ 25 (meia). Vendas: bilheteria do teatro e pelo site www.tudus.com.br.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA