Finalista de reality musical, Diego Moraes lança CD autoral

Repertório de '#ÉqueEuAndodeÔnibus' será apresentado sexta (20) em BH

por Pedro Galvão 19/07/2018 08:40
O caminho mais comum para muitos artistas é começar no quase anonimato, despontar e assinar com uma grande gravadora, interessada no público já conquistado. Porém, a participação em um badalado talent show da TV pode inverter o rumo dos acontecimentos. Foi o caso do cantor paulista Diego Moraes, finalista da quarta edição do Ídolos (Record), em 2009.

Diego Cisco/divulgação
Ex-destaque do reality Ídolos, o cantor Diego Moraes traz a BH a turnê #ÉqueEuAndodeÔnibus (foto: Diego Cisco/divulgação)

Depois do programa, ele lançou seu primeiro disco pela EMI, um álbum ao vivo com releituras de clássicos da MPB. Não era exatamente o que Diego queria para sua carreira. A busca por uma nova identidade musical resultou no CD autoral e independente, cujo repertório será apresentado sexta-feira (20), na casa de shows Autêntica, em BH.


#ÉqueEuAndodeÔnibus, disponível em todas as plataformas digitais e à venda no show, é produto de questionamentos de Diego no período em que coincidiram sua saída da gigante do mercado fonográfico e as tensões sociais e ideológicas latentes no Brasil.


“É um disco sobre fossa. Não a fossa do término de um relacionamento, mas das mudanças que atravessei. Muita gente procura fazer terapia nessas situações, preferi abrir meus ouvidos dentro dos ônibus e escutar os problemas das outras pessoas, bem maiores do que os meus”, explica ele. “O disco é um reflexo do cotidiano de um jovem que tenta sobreviver feliz em um país politicamente caótico e no abismo. Fala muito de dor, contraditoriamente, com ritmos dançantes. É o segredo do brasileiro, né?”, comenta Diego. O álbum traz à tona a discussão sobre sexualidade, entre outros temas. “É uma resposta às ofensas que sempre ouvi nas ruas”, comenta, referindo-se a xingamentos racistas e homofóbicos dos quais foi alvo.


Grato ao reality show que o projetou, o cantor faz um alerta sobre a cena cultural do país. “Graças ao Ídolos, posso viver de música sem estar cantando em barzinho. Porém, enquanto os diretores não abrirem os olhos e valorizarem novos compositores para ouvirmos o que as pessoas têm a dizer, nada de novo vai se absorver no Brasil”, pondera.


O repertório de sexta-feira contará com canções do novo álbum de Diego, versões de Negro gato, sucesso nas vozes de Roberto Carlos e Luis Melodia, e de Ain’t got no, de Nina Simone, além do hino da África do Sul, interpretado em zulu e a capela. “São releituras que dialogam com a proposta do disco. Permitem falar sobre assuntos sérios e dançar o tempo todo”, adianta Diego Moraes.


A abertura do show ficará por conta do estreante grupo mineiro V.A.D.I.A.S (Verdadeiras e Autênticas com Direitos Iguais Aos Seus), formado pelas cantautoras Violeta, Natália Sandim, Jess e Priscilla Glenda.


DIEGO MORAES
Lançamento do disco #ÉqueEuAndodeÔnibus. Abertura: V.A.D.I.A.S. Sexta-feira (20), às 22h. A Autêntica. Rua Alagoas, 1.172, Savassi. Ingressos: R$ 20 (antecipado no site Sympla) e R$ 30 (portaria). Informações: (31) 3654-9251.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA