Rihanna pressiona líderes para financiar educação global

Cantora utilizou suas redes sociais para falar com Macron, Theresa May e Malcolm Turnbull por conta da Aliança Global para a Educação

por AFP 02/02/2018 12:41
Reprodução
Macron e Rihanna conversam em conferência. (foto: Reprodução)
A cantora Rihanna aproveitou nesta quinta-feira (1º) seu poder como celebridade para pressionar governos a se comprometerem com a garantia da educação dos mais pobres. 

Ela chegou à capital, Dakar, onde nesta sexta-feira (2) se juntará, no Senegal, às negociações da Aliança Global para a Educação co-organizadas pelo presidente senegalês Macky Sall e o líder francês Emmanuel Macron. 

Rihanna, a quarta pessoa mais acompanhada no Twitter com 86 milhões de usuários, recorreu às redes sociais para pedir a Macron, à primeira-ministra britânica Theresa May e ao primeiro-ministro australiano Malcolm Turnbull que garantam níveis específicos de financiamento. 

Em seu tuíte a Macron, agradeceu ao líder francês por dirigir a conferência, mas o pressionou para comprometer-se firmemente com 313 milhões de dólares para a causa. 

A conferência de Dakar, que reúne governos e o setor privado, tem como objetivo arrecadar 3,1 bilhões de dólares nos próximos três anos para apoiar a educação de 870 milhões de crianças
 
 
 
 

['__class__', '__delattr__', '__dict__', '__doc__', '__format__', '__getattribute__', '__getitem__', '__hash__', '__init__', '__module__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'env', 'get', 'getCookie', 'getenvariable', 'gethost', 'getiphost', 'headers', 'lock', 'redirect', 'request', 'setCookie', 'setHeader', 'setLock', 'update', 'url']

MAIS SOBRE MUSICA