Fernanda Lima ignora pedido de desculpas de Eduardo Costa e pede indenização na Justiça

Em recente participação no 'Conversa com Bial', sertanejo mostrou arrependimento por ter chamado apresentadora de 'imbecil'

por Estadão Conteúdo 10/12/2018 18:15

Instagram/Reprodução
Por discurso feminista, apresentadora foi chamada de 'imbecil' pelo sertanejo (foto: Instagram/Reprodução)
A apresentadora Fernanda Lima está movendo um processo na Justiça contra o cantor Eduardo Costa. Ela pede indenização por danos morais e direito de imagem. A confusão entre os dois começou após a apresentadora fazer um discurso incisivo sobre o conservadorismo durante o Amor & Sexo, que foi ao ar em 6 de novembro.

Na ocasião, Fernanda terminou seu programa com um discurso em defesa da liberdade feminina, propondo uma sabotagem à sociedade machista e patriarcal. Alguns entenderam a mensagem como oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

 

Em meio à repercussão, Eduardo Costa chamou a apresentadora global de "imbecil". Em seu perfil no Instagram, também afirmou: "a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está". Na publicação, ainda afirmou que o programa comandado por Fernanda Lima era destinado a "maconheiros, bandidos, esquerdistas derrotados e projetos de artista como ela".

 

Posteriormente, o cantor voltou atrás e pediu desculpas. No dia 30 de novembro, Costa foi entrevistado pelo Conversa com Bial, da Globo, e pediu desculpas por meio de um vídeo. A participação do sertanejo em um programa da mesma emissora teria causado mal-estar nos bastidores.

MAIS SOBRE MEXERICO