Guru dos famosos, Sri Prem Baba é acusado de abusar de discípulas

A denúncia teria sido feita pelos ex-maridos das vítimas. Após o escândalo, o guru anunciou uma pausa para ''recolhimento espiritual''

por Correio Braziliense 30/08/2018 10:08
Minervino Junior/CB/D.A Press)
Sri Prem Baba, o guru das celebridades, é famoso por atrair centenas de fiéis (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press))
O líder espiritual Sri Prem Baba, de 52 anos, está sendo acusado de abusar sexualmente de duas discípulas de sua comunidade em São Paulo. O caso foi revelado no último domingo (26/8) pelos ex-maridos das vítimas durante um encontro de seguidores da espiritualidade de Prem Baba na capital paulista. O mestre atrai milhares de fiéis ao redor do mundo e é o líder espiritual de famosos como Reynaldo Gianecchini, Paula Burlamaqui e Márcio Garcia. 

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira (30/8), o mestre usou da confiança de suas discípulas, que eram casadas, para manter relações sexuais que prometiam resolver crises conjugais. A ajuda do guru começou com conselhos, que evoluíram para exercícios tântricos e relações sexuais.
 
Sri Prem Baba se manifestou sobre as acusações na quarta-feira (29/8). O vídeo foi divulgado apenas para os seus seguidores, mas vazou para a imprensa. Na gravação de quase 13 minutos, o guru admite que se relacionou "com uma pessoa casada", entre 2008 e 2010, e disse ainda que se envolveu com uma segunda pessoa, mas sem especificar a data. 

“Eu precisava conversar com vocês porque tenho recebido muitas mensagens e percebo a dimensão do sofrimento e a necessidade de um posicionamento meu”, diz. “Meu amado, eu estou passando por um momento muito desafiador que contém uma oportunidade única para um alinhamento com a verdade”, segue o mestre. “Para isso eu vou precisar abrir meu coração e revelar algumas intimidades do meu processo pessoal de desenvolvimento.”
 
O líder fala sobre o seu "despertar" espiritual, que aconteceu em 2002, e diz que mesmo orientado ao celibato por seus mestres na Índia, mantinha relações sexuais fora das temporadas em que ministrava cursos sobre autoconhecimento. “A sexualidade não desapareceu de uma vez. Eu fui experimentando períodos de celibato, mas de vez em quando eu ainda mantinha relações sexuais”, confessa.
 
"Eu fiquei bem balançado por isso, tomando consciência da decepção que causei em pessoas queridas, meu coração está devastado por isso e eu vou precisar de um tempo para integrar algo tão intenso", diz. O líder finaliza o vídeo pedindo que seus seguidores "não alimentem o correio da má notícia" e anuncia uma pausa para recolhimento espiritual. "Eu tinha planos de fazer uma paralisação quando terminasse meu ciclo de dez anos de trabalho pelo mundo, mas, com tudo isso acontecendo, vi a real necessidade de antecipar esse recolhimento", noticiou.

Em sua página no Twitter o mestre compartilhou, nesta quinta-feira, um de seus ensinamentos que sugere o escândalo em que está envolvido. "Repito que a última prova na universidade dos relacionamentos é deixar o outro livre inclusive para não te amar", escreveu. O Correio entrou em contato com a assessoria de imprensa do líder espiritual, mas até a última atualização desta notícia, não havia recebido resposta.
 
Líder espiritual 
Nascido no bairro Aclimação, em São Paulo, em 1965, Sri Prem Baba – cujo nome de batismo é Janderson Fernandes de Oliveira – começou a praticar ioga, artes marciais e meditação na adolescência. De acordo com o site oficial do mestre, "um dia [ele] escutou uma voz interior que o instruía a ir para a cidade de Rishikeshi, na Índia, quando completasse 33 anos".
 
Sri Prem Baba é herdeiro de uma tradição milenar de iogues hindus, a Sachcha, que significa "verdade irrefutável" em sânscrito. A linhagem Sachcha teve origem com os mestres Sachcha Giri Nari Baba e Katcha Baba e tem por missão orientar as pessoas em direção à espiritualidade. O mestre passa uma temporada por ano na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, onde recebe seguidores de todo o mundo.
 
 
 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MEXERICO