Cervejaria alemã Hofbräuhaus reabre no Cidade Jardim com alma abrasileirada

Sem perder a essência alemã, Hofbräuhaus amplia espaço e reformula cardápio para atender ao gosto dos clientes

por Francelle Marzano 18/05/2018 09:04

Marcos Vieira/EM/D.A Press
O ambiente segue os padrões das cervejarias da Bavária, com grandes mesas e bebida servida em canecos. (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Quem entra na Hofbräuhaus, na Avenida do Contorno, no Bairro Cidade Jardim, tem a sensação de estar em algum lugar da Europa, mais precisamente na Alemanha. Primeiro, pela arquitetura da casa, que reproduz a tenda da marca na Oktoberfest, a festa germânica mais popular do país. Segundo, pela culinária à base de carnes, salsichas e o suculento joelho de porco e, terceiro, pela cerveja feita de acordo com a Lei de Pureza Alemã.

Inaugurada em 2015, a Hofbräuhaus BH fez tanto sucesso na época que precisou fechar as portas com apenas dois dias de funcionamento para aumentar a produção de cerveja e suportar a demanda. Três meses depois, os sócios Bruno Vinhas e Henrique Rocha reabriram o espaço já com a capacidade ampliada. Agora, uma nova reformulação da casa busca aprimorar o atendimento, o espaço e o cardápio. “Reorganizamos nossa equipe, duplicamos nossa fabricação de cerveja e ampliamos o espaço, passando de 220 lugares para 350”, revela Bruno.

Os sócios afirmam que o “perrengue” vivido na abertura da casa serviu como aprendizado e que, atualmente, têm expectativa de ampliar o espaço ainda mais e abrir unidades em outras regiões do país, já que são a única casa franqueada na América Latina. “Vamos ampliar e lançar um deck na frente da casa, com mais mesas e cadeiras em um ambiente ao ar livre e um espaço kids. Criou-se uma fama de que só temos comidas ‘pesadas’ no cardápio e por isso fizemos uma adaptação para servir opções mais leves e atrair um novo público”, completa Henrique.

Sob comando do chef André Correa, o menu ganhou almoço executivo e novos pratos. Uma das novidades é o short rib, corte de carne extraído da parte dianteira da costela do boi com miolo de acém, servido com legumes assados, batata-doce, pupunha, batatas bravas e farofa de biju (R$ 90). O münchener carpaccio traz fatias finas de filé-mignon com vinagrete de raiz forte, queijo parmesão, acompanhado de baguete de cebola (R$ 34).

 

De origem nórdica, o menu incorporou o gravlax – salmão curado servido com batata rosti crocante, vinagrete de mostarda e mel, acompanhado de mix de folhas e sour cream (R$39). “Reformulamos os pratos, mas sem perder a essência alemã, que é o nosso principal diferencial e carro-chefe. O cardápio é dividido entre os pratos tradicionais alemães, produzidos da mesma forma que na matriz alemã, e incorporamos pratos com carne de boi”, diz André.

 

Marcos Vieira/EM/D.A Press
Short rib, corte da costela do boi com miolo de acém, é servido com legumes assados e batatas bravas (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press )
A HB também passou a oferecer carta de vinhos com 15 opções nacionais e importadas, além de drinques como o summer pitch, que leva gim, soda, limão e blueberry (R$ 55 a jarra de um litro), o Miami weiss, com rum, ginger ale, suco de maçã e cerveja weiss (R$ 23), ou o stargazer, mistura de chardonay, rum, xarope de baunilha, suco de abacaxi e limão. “São drinques que caem muito bem com qualquer um dos nossos pratos. São opções para quem não quer beber cerveja, mas não quer deixar de vir”, afirma André. Algumas comidas típicas não podem faltar num cardápio alemão. Os pretzels, espécie de pão crocante e muito popular na Alemanha, são importados diretamente de Munique.


A matriz exige da filial mineira os mesmos padrões e as cervejas fabricadas aqui seguem estritamente as receitas da Baviera, além de um processo de filtragem para adequar a água às características alemãs. “O gosto, o cheiro e o sabor são os mesmos da cerveja Hofbräuhaus que você toma lá na Europa”, afirma o mestre cervejeiro Carlos Henrique de Faria. Na casa, são servidos quatro tipos fixos da bebida: lager (R$ 10,90 o caneco de 300ml; R$ 17,10 o de 500ml e R$ 31,50 o litro), dunkel e hefe weizen (respectivamente T$ 11,50, R$ 17,90 e R$ 32), além de um sazonal a cada mês, atualmente a mai bock (R$ 12,50; R$ 18,90 e R$ 33).

Hofbräuhaus BH
Av. do Contorno, 7.613, Cidade Jardim, (31) 3021-9165. De terça a sexta, das 12h às 14:30 e das 18h à 0h; sábados, das 12h à 0h; e domingos, das 12h às 17h. Reservas pelo site www.hofbraubh.com.br.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE GASTRONOMIA